BANCADA DIRECTA: Dilemas germanicos que não só assustam todos os países da União Europeia, mas como eles próprios andam assustados. Até os países endinheirados sentem a crise..

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Dilemas germanicos que não só assustam todos os países da União Europeia, mas como eles próprios andam assustados. Até os países endinheirados sentem a crise..


A Alemanha assusta a Europa

Não admira que António Costa e Mário Centeno estejam apreensivos com o Governo alemão e a inépcia do Sr. Wolfgang Schäuble, ministro das Finanças, para tranquilizar os mercados.

 O que António Costa e Mário Centeno não dizem, por respeito pelo voto dos alemães, é o que o ministro da Sr.ª Merkel disse do Governo português.

É esta a diferença entre estadistas e um biltre. A situação do Deutsch Bank, como refere hoje El País, é motivo de justificado alarme

Ver a noticia do El País clicando aqui.

2 comentários:

luis pessoa disse...

Não há qualquer problema!
O anterior "resgate" de Portugal e da Grécia serviu como sopa no mel para salvar a banca de alguns países do norte da Europa, inclusivamente alemã, a nível de uma banca regional que não é controlada (pudera, este duo não quer!) pelo BCE, que só "regula" os grandes bancos.
Agora é o insuspeito Deutsche (a este já o BCE devia "regular", mas como o responsável pela regulação é um tal Dr Constâncio que tão bem fez esse serviço no Banco de Portugal com o BPN, BPP, etc., resta-nos ficar à espera do próximo resgate da próxima vítima, que pode muito bem ser... Pois claro, o país do governo de esquerda, aqueles tipos que querem reverter...
Meus caros, o capitalismo enveredou por esta via, por tornar prioritário e único o chamado equilíbrio financeiro (leia-se, garantir os lucros pornográficos daquilo a que eles chamam "mercados" e "investidores", por cima de toda a folha, por cima de todas as vidas que for necessário).
Não tenhamos ilusões, sem a destruição de todo o aparelho financeiro actual, nunca haverá qualquer mudança. Neste sector, NUNCA houve nem haverá reformas! Isto não se reforma, deita-se abaixo e constrói-se de novo!
A partir do momento em que a política e os cidadãos deram luz verde a estas instituições tenebrosas, completamente opacas, responsáveis pelo desvio de milhares de milhões de euros e dollares dos cidadãos para os seus paraísos fiscais, controlando, como controlam, governos que lhes são fiéis sob pena de serem arrasados pelos seus instrumentos (agências de rating, fundos de capitais e lixo anexo).
Este mundo, já era!
A partir daqui, dois futuros serão possíveis, mas ambos passarão pela guerra: para destruição deste estado de coisas; ou para que esta gente exerça o seu poder ditatorial baseado na acumulação pornográfica de capital.

E quando olhamos para a UE e vemos no seu comando um ex-primeiro ministro luxemburguês que andou a desviar impostos dos restantes países oferecendo mordomias impróprias (se não ilegais!) às multinacionais para irem para lá estabelecer-se e um tipo na coordenação económica que foi o ministro holandês que desviou para o seu país quase todas as empresas (do nosso PSI20 estão lá quase todas!!) onde têm um endereço de e-mail e um número telefónico com um apartado e que "rouba" aos países da sua comunidade europeia milhares de milhões em impostos, com responsáveis destes, não precisamos de andar à procura de inimigos!

Adriano Ribeiro disse...

Considerações muito correctas, bem esquematizadas na escrita e que todos as pessoas devem levar muito a sério. Porque o perigo rodeia-nos por todos os lados.
Obrigado
Adriano Rui Ribeiro

Obrigado Pela Sua Visita !