BANCADA DIRECTA: Este país vai de carrinho. E pior será se for conduzido por um taxi-driver conhecido por ser um catavento

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Este país vai de carrinho. E pior será se for conduzido por um taxi-driver conhecido por ser um catavento



O candidato Cata-vento mal descansou no Natal porque correu para a porta do Hospital D. José para ganhar alguns votos à custa da morte de um jovem vítima do extremismo das políticas da PàF, a coligação da direita em cuja campanha eleitoral se empenhou. 

Mais uma vez Marcelo passa a mão pelo pelo dos eleitores da esquerda defendendo o SNS, algo de que se esqueceu nos últimos quatro anos. Porque é que quando morreram vários cidadãos abandonados nas urgências dos hospitais o Cata-vento não foi para a porta de nenhum hospital discursar em defesa do SNS?



Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !