BANCADA DIRECTA: Os ultimos estertores de um moribundo que estava agarrado ao poder como uma lapa à rocha

sábado, 21 de novembro de 2015

Os ultimos estertores de um moribundo que estava agarrado ao poder como uma lapa à rocha

Passos Coelho 

Passos Coelho foi a Cavaco dizer que deve ser exigido um governo estável, este é o mesmo político que depois de ter falhado a criação de uma solução governativa estável aceitou formar um governo fantoche na esperança de se manter mais de seis meses em gestão. 

Este é o político que chamou fraude a um governo do PS. Isto é, este é o político que foi a Cavaco pedir que o futuro governo seja uma fraude estável e que se aguente uma legislatura. 

Este é um político que levou um mês e meio a perceber as regras da democracia e a aceitar que teve uma derrota com sabor a vitória. «Se o Presidente da República estivesse em pleno uso das suas competências, o PSD pedir-lhe-ia que dissolvesse o Parlamento e convocasse novas eleições legislativas, mas, como a Constituição não o permite, 

Pedro Passos Coelho disse esta sexta-feira a Cavaco Silva que deve exigir ao PS que forme um Governo "estável". 

 “Cabe ao PS construir uma solução de Governo que corresponda àquilo que o próprio PS disse que era indispensável e sem o que não derrubaria o Governo que saiu das eleições: ter uma maioria estável, duradoura e credível, que ainda não tem”, afirmou Pedro Passos Coelho.» [Público]

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !