BANCADA DIRECTA: Passos Coelho. Um naufrago que está agarrado ao poder como uma lapa à rocha. Vale tudo no seu espirito para conseguir este objectivo. É cono mudar aos cinco e acabar aos dez.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Passos Coelho. Um naufrago que está agarrado ao poder como uma lapa à rocha. Vale tudo no seu espirito para conseguir este objectivo. É cono mudar aos cinco e acabar aos dez.


Passos não desiste da sua agenda radical e socorre-se de todos os truques para condicionar António Costa e o próprio Cavaco Silva e no mesmo dia em que foi a Belém dizer que não fez qualquer tentativa de encontrar uma solução governamental estável ocupou duas televisões com a sua propaganda,

Maria Luís tratou da SIC, Paulo Portas encarregou-se da TVI. Em paralelo, o governo desdobra-se em contactos, depois de não ter convencido a CIP a vir em seu socorro e com a UGT a não concordar com as declarações do seu líder, Paulo Portas lá convenceu a associação do turismo a fazer-lhe o frete de aparecer a pedir um governo do arco da velha.

A estratégia é denegrir António Costa, insinuar que luta pela sua sobrevivência e tentar convencer os portugueses de que numa democracia parlamentar governa o maior partido mesmo que em minoria, enquanto a maioria apoia incondicionalmente a suposta vontade da maioria dos portugueses de ver uma minoria a governar

Entretanto usa-se a artilharia pesada da comunicação social, com quase todas as televisões e jornais a tentarem impor Passos Coelho ao país, nem sequer se dispensando os sondageiros que parecem querer substituir-se aos eleitores.

 O argumento da sobrevivência política de António Costa até parece ser um bom argumento, até porque se é de afogados que falamos é evidente que o líder do PS o único que ainda não foi obrigado a beber uns pirolitos.

1 comentário:

luis pessoa disse...

Catarina Martins chamou a atenção de Cavaco para as nomeações de boys às centenas, para assegurar lugares na Administração pública em tempo de saída!
Tão transparentes e desprendidos que são, até ofereceram o lugar de n.º 2 ao Costa!
Com 4 anos de atraso, espero que sejam definitivamente remetidos para o local mais recôndito da nossa História.
Hoje mesmo, no pasquim da direita liberal "ECONÓMICO":

"Portugal com segundo maior défice e terceira dívida mais elevada"

Depois de 4 anos de miséria e empobrecimento, são tudo bons sinais, como diria Pires de Lima

Obrigado Pela Sua Visita !