BANCADA DIRECTA: Sondagens maradas. Isto é que anda para aqui uma açorda de marisco com este dito todo marado. Nãoa restam duvidas que há uma encomenda das mesmas para influenciar esta gentinha lusa. E a gente bem sabe quem as encomenda. Uma crónica de "Olho Vivo e Pé Ligeiro"

domingo, 27 de setembro de 2015

Sondagens maradas. Isto é que anda para aqui uma açorda de marisco com este dito todo marado. Nãoa restam duvidas que há uma encomenda das mesmas para influenciar esta gentinha lusa. E a gente bem sabe quem as encomenda. Uma crónica de "Olho Vivo e Pé Ligeiro"


Sondagens maradas. 
Isto é que anda para aqui uma açorda de marisco com este dito todo marado. 
Não restam duvidas que há uma encomenda das mesmas para influenciar esta gentinha lusa. 
E a gente bem sabe quem as encomenda. 
Uma crónica de "Olho Vivo e Pé Ligeiro"

As sondagens e a trafulhice


É fatal que a apresentação de sondagens dão ao leitor pouco esclarecido e desconhecedor dos truques das estatísticas acaba convencido de uma realidade ficionada. Acontece que –por uma razão de custos – as sondagens tem amostras reduzidas e métodos de inquirição desajustados.

Assim sendo os resultados não poderão ser fiáveis. Vejamos: utilizar a base de contacto exclusivamente ao telefone fixo, só pode desviar o resultado. Os possuidores de telefones fixos são uma faixa etária mais elevada e conservadora.

Muitos casais jovens e até jovens solteiros e em idade de votar só tem telemóvel. Essa importante fatia da população fica de fora. E assim a coisa nasce torta e já não tem conserto. Outro defeito é a base de inquéritos válidos ser demasiado baixa, o que resulta numa percentagem elevada de incerteza.

Outra intervenção que falseia tudo é o aproveitamento dos que dizem que não sabem em quem vão votar ( ou não querem dizer!) os chamados indecisos que representam mais de 30% do eleitorado. Ao transformarem estas informações como eventuais votantes dos partidos e repartindo esses números proporcionalmente pelos partidos estão a alterar a realidade, martelando os resultados. Para que servem então estas sondagens?

Para INFLUENCIAR OS LEITORES! Por isso as sondagens na Inglaterra e na Grécia saíram todas enganadas. Lembra-me de dizerem nas televisões que o Siryza estava empatado! Ganhou à larga! Com uma pequeníssima diferença da votação anterior.

 Concluo que a maioria dos jornais e televisões que fazem inquéritos estão a trabalhar para o patronato.

 Não nos devemos enganar tão facilmente.

"Olho Vivo e Pé Ligeiro"
Lisboa. 2015. Setembro. 27

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !