BANCADA DIRECTA: Enquanto eram jogos a brincar as coisas corriam bem. Com jogos de responsabilidade está tudo a ir por água abaixo. Põe-se a questão se Jorge Jesus ainda passará o Natal convivendo com os leões.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Enquanto eram jogos a brincar as coisas corriam bem. Com jogos de responsabilidade está tudo a ir por água abaixo. Põe-se a questão se Jorge Jesus ainda passará o Natal convivendo com os leões.


Agora há que aguentar a ver se a coisa se endireita.

Mas nuvens negras se aproximam de Alvalade

E a culpa não é só do descarrilhamento peruano

Um Sporting na sua máxima força futebolistica é necessário para pôr a Liga a mexer de emoção.

ASSIM SEJA!

3 comentários:

luis pessoa disse...

O que é pequenino será sempre pequenino.
No Benfica pensava muito rasteirinho (o campeonato é que interessa... quero é ser campeão nacional) e com essa treta de discurso e prática "limpou" dois títulos europeus ao clube. Sabia com quem lidava, com gente sem ambições que o aplaudiu como "grande treinador"!
O Benfica não foi esperto, mas as coisas acabaram por correr bem e conseguiu livrar-se deste treinadorzito que nunca será ninguém enquanto pensar rasteiro. Agora, no Sporting, esperavam o quê?
Que o treinadorzito para consumo interno se tornasse num vencedor?
Francamente!
É claro que vai sobreviver ao Natal porque ele só vê €€ e o seu contrato está muito bem feito, à prova de despedimentos... Para mal do Sporting.
Espero que o Pinto da Costa que tem a mania deste treinador não se lembre de voltar à carga... Antes o Lopetegui, apesar de tudo...

luis pessoa disse...

Faltou um parágrafo:
A grandeza de um clube vê-se nas competições externas, onde consegue prestígio na luta contra os maiores, nunca nas competições domésticas. Que prestígio tem
qualquer clube que é sempre campeão no seu país, se quando compete com os seus iguais na Europa não ganha?

Adriano Ribeiro disse...

Caro Luis
Claro que sabemos perfeitamente que o Benfica sabia qual era a massa de que este treinador era feito.
Daí que nada fosse surpresa os contornos que a situação tomou para ele ir para o Sporting.
Também seria impossível sair pela porta grande, nem o passado dele (em todos os aspectos) merecia
Coisas de gente pequena tão frequentes nos meios do nosso futebol
Abraço
Adriano Rui Ribeiro
PS) No piso 2, em frente ao sector 66 (camarotes) do Estadio da Luz havia uma pintura mural com varias caras de jogadores e também de Jorge Jesus. Reparei (no dia do Benfica/Astana) que a sua cara foi retirada ficando apenas numeros de titulos conquistados.

Obrigado Pela Sua Visita !