BANCADA DIRECTA: O caso "José Socrates". As minhas reflexões.......

quinta-feira, 11 de junho de 2015

O caso "José Socrates". As minhas reflexões.......


Sócrates com a história dos empréstimos a Santos Silva borrou indelevelmente a pintura da sua carreira como político e como cidadão. 

Esse comportamento permite legítimas dúvidas das autoridades, e por diferentes razões. Só que não me lembro de ter pedido à Justiça do meu país para me tratar como borrego. O aproveitamento e exploração que está a ser feito, seja qual for a sua origem, tem reais consequências na qualidade da democracia e na coesão da comunidade. 

Infelizmente, nem o PS de Sócrates, nem o de Seguro, nem o de Costa, por tão diferentes razões, assumiram o combate frontal na defesa do Estado de direito. Tragicamente, olha-se à volta e não se vê quem o consiga fazer perante o se passa agora com Sócrates. 

Nem partidos, nem tribunais, nem magistrados, nem organizações cívicas, nem órgãos da imprensa, nem académicos. E muito menos um povo civicamente atrofiado e sem cultura liberal. Restam umas vozes isoladas, e tímidas. 

Seis  meses de prisão e não sei quantos anos de investigação depois, fora todas as outras investigações passadas, estamos exactamente na mesma: há suspeitas difusas e confusas, não há provas nem acusação formal.

E a situação poderá arrastar-se por anos e anos com os mesmo lesados e os mesmos beneficiários. O “caso Sócrates” indicia que o nosso regime precisa de ser constituído arguido por suspeita de corrupção na administração da Justiça. 

Ainda não encontrámos foi o procurador com o bigode para tal façanha.

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !