BANCADA DIRECTA: Marinho e Pinto e Eurico de Figueiredo. Zangam-se as comadres.....Afinal anda para aqui uma açorda de marisco já estragado, fora de validade e mais valia que os dois tivessem juizo. E Deus queira que o Partido Socialista não se lembre de repescar algum deles para as suas fileiras. Empurrem-nos para a Coligação.....

domingo, 21 de junho de 2015

Marinho e Pinto e Eurico de Figueiredo. Zangam-se as comadres.....Afinal anda para aqui uma açorda de marisco já estragado, fora de validade e mais valia que os dois tivessem juizo. E Deus queira que o Partido Socialista não se lembre de repescar algum deles para as suas fileiras. Empurrem-nos para a Coligação.....

Marinho e Pinto e Eurico de Figueiredo.
Zangam-se as comadres.....
Afinal anda para aqui uma açorda de marisco já estragado, fora de validade e mais valia que os dois tivessem juízo. 
E Deus queira que o Partido Socialista não se lembre de repescar algum deles para as suas fileiras. Empurrem-nos para a Coligação.....

Eurico de Figueiredo, fundador do PDR do Marinho e Pinto 

Este senhor já tem idade e experiências suficientes para não alinhar em aventuras, ajudou a criar o PDR e a promover Marinho Pinto, agora parece estar ofendido. Esperemos que o PS não o receba como um herói. «Uma cisão violenta na véspera da reunião que elegerá o Conselho Nacional do Partido Democrático Republicano (PDR). 

Eurico Figueiredo, ex-deputado do PS e apoiante desde a primeira hora de António Marinho e Pinto, o líder do novo partido, ameaça abandonar o projecto enviando uma carta dura, em que acusa Marinho de “falso profeta” e de estar a transformar o PDR de “partido caudilhista em partido fascista”, e pede que convoque as eleições noutros termos.

 “Conhecendo a sua falta de bom senso, espero, contudo que o Espírito Santo (do céu, e não da terra) o inspire. Sem o menor respeito pela democracia dentro PDR, o sr. presidente está a transformar-se num “falso profeta”, a proporcionar a saída do PDR dos democratas que acreditaram em si, e a avançar inexoravelmente, de um partido que já é caudilhista, para um partido fascista”, escreveu por email a Marinho, tornando pública a mensagem no Facebook. 

“Não o farei com gosto: mas com convicção. Repita as eleições em condições de respeito pelas diferentes listas. Acredite que virei a ser completamente diferente de si, se não dá a mão à palmatória. E que em breve compreenderá a diferença: fascismo nunca mais!”. 

Ao Observador, Marinho e Pinto declarou que tudo o que Figueiredo diz “é uma acusação tresloucada como tresloucadas têm sido todos os actos praticados por ele na última semana”.» [Observador]

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !