BANCADA DIRECTA: Crónicas da vida real. Caminhar, caminhar será verdade, até porque o caminho faz-se caminhando. Não será este o caso. Mas a verdade, verdadinha é que escrevo esta crónica para me esquecer que existem tipos como Cavaco e Passos Coelho. Do Portas nem vale a pena pensar nele. Está esquecido por natureza

terça-feira, 17 de março de 2015

Crónicas da vida real. Caminhar, caminhar será verdade, até porque o caminho faz-se caminhando. Não será este o caso. Mas a verdade, verdadinha é que escrevo esta crónica para me esquecer que existem tipos como Cavaco e Passos Coelho. Do Portas nem vale a pena pensar nele. Está esquecido por natureza


Crónicas da vida real.  
Caminhar, caminhar será verdade, até porque o caminho faz-se caminhando. 
Não será este o caso. 
Mas a verdade, verdadinha é que escrevo esta crónica para me esquecer que existem tipos como Cavaco e Passos Coelho. 
Do Portas nem vale a pena pensar nele. 
Está esquecido por natureza. Não é cá dos meus

Pela primeira vez na minha vida, na semana passada, fui a uma reunião de uma tão criticada Igreja Protestante ou Adventista (confesso que não sei empregar os termos exactos, embora saiba concretamente a qualidade da Igreja a que eu fui) e partilhei as práticas e orações dos presentes.

De repente, o Pastor se aproximou do lugar onde estava, olhou-me fixamente, apercebeu-se que eu era um desconhecido dele e daquela Assembleia de fieis e apontou-me o dedo. 


Piedosamente, ajoelhei-me e ele colocou as suas mãos na minha cabeça e clamou em voz alta: Você vai caminhar! Eu respondi-lhe baixo: mas não tenho nenhum problema de locomoção. Ele ignorou minha resposta e quase gritando, voltou a exclamar: irmão, você vai caminhar! 


Toda a Assembleia, com as mãos ao alto, começou a chorar: Você vai caminhar! Mais uma vez, tentei explicar que não tinha nenhum problema com meus membros inferiores, mas foi em vão. 

Cada vez mais forte e com mais energia, ele repetiu: Você vai caminhar!!!! , enquanto a Assembleia em transe gritava ainda mais forte: irmão, você vai caminhar!!!! Optei por me calar e não dizer mais nada. 
Quando o acto acabou deixei a Assembleia e, acreditem ou não, o maldito pastor tinha razão: Tinham-me roubado o carro!!!!

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !