BANCADA DIRECTA: Alzheimer. Uma doença terrível. Dia 18 de Abril. 15h00. Sessão de esclarecimento sobre a doença na Casa de Saúde das Irmãs Hospitaleiras em Idanha- Belas. Fernando Correia falará do seu livro Piso 3- Quarto 313.

terça-feira, 31 de março de 2015

Alzheimer. Uma doença terrível. Dia 18 de Abril. 15h00. Sessão de esclarecimento sobre a doença na Casa de Saúde das Irmãs Hospitaleiras em Idanha- Belas. Fernando Correia falará do seu livro Piso 3- Quarto 313.

Alzheimer. 
Uma doença terrível. 
Dia 18 de Abril. 15h00. 
Sessão de esclarecimento sobre a doença na Casa de Saúde das Irmãs Hospitaleiras em Idanha- Belas. 
Fernando Correia falará do seu livro Piso 3- Quarto 313. 
 Este é um titulo de um livro sobe a doença de Alzheimer que Fernando Correia acabou de lançar respondendo ao convite do seu amigo Manuel da Fonseca da Editora “Guerra e Paz”. 

 É um livro de dor, porque relata a doença que tem afligido e reduzido a muito pouco o ser humano que é a mãe das minhas ultimas três filhas, companheira de mais de quarenta anos numa vida vivida e sofrida, mas alimentada pela vontade de deixar algo de confortável nos sentimentos fraternos que nos acompanham, para além de traduzir uma luta diária por um viver digno 


 Infelizmente a doença deu cabo (matou) os últimos planos de vida que tinham sido feitos e ainda mais: acabou por destruir-los sem dó e nem piedade, como se, afinal, este existir terreno não servisse para nada, não tivesse qualquer significado 
Escrevi o livro com a dupla intenção de imortalizar a existência de um ser humano que dolorosamente vai cumprir um destino que não desejou e como forma de ajudar os familiares, amigos e cuidadores dos doentes com Alzheimer a saberem quais são os sinais da doença, como ela evolui e como se devem comportar-se perante a fragilidade e a incapacidade do “seu” doente” 

 Principalmente por esta razão, tentando exorcizar os meus próprios fantasmas adquiridos e a viver em mim, ao perceber que podia não ter feito tudo quanto estava ao meu alcance para ajudar, ainda mais, a minha companheira, gravemente doente. Pode ser que deste modo, a ajuda seja maior e o comportamento de quem tenta auxiliar seja melhor, logo mais eficaz que o meu. 


 Devo esta explicação a quem vai comprar o livro e devo este sentimento a mim próprio. Que o texto tenha sido escrito por amor a quem me rodeia e por um enorme sentimento de solidariedade e de fraternidade para quem está doente e para os que sofrem a seu lado é o único desejo que aqui deixo 
No próximo dia 18 de Abril todos aqueles que precisam desta ajuda poderão assistir a uma apresentação do livro e as uma sessão de esclarecimento sobre a doença de Alzheimer na Casa de Saúde das Irmãs Hospitaleiras na Idanha- Belas pelas 15h00 

Fernando Correia 

Os nossos agradecimentos pela cedência deste texto. 
Lá estaremos ao teu lado na sessão de 18 de Abril na Idanha

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !