BANCADA DIRECTA: Ter dignidade e falar verdade!.Ontem e hoje já falei do Carnaval e do folclore por terras do Minho. Ao fim do dia as dúvidas e as interrogações começam a assaltar-me como prenuncio para esta semana que hoje começou

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Ter dignidade e falar verdade!.Ontem e hoje já falei do Carnaval e do folclore por terras do Minho. Ao fim do dia as dúvidas e as interrogações começam a assaltar-me como prenuncio para esta semana que hoje começou

Ter dignidade e falar verdade.
 Ontem e hoje já falei do Carnaval e do folclore por terras do Minho. 
Ao fim do dia as dúvidas e as interrogações começam a assaltar-me como prenuncio para esta semana que hoje começou 

 1ª preocupação e agradecia que os sindicalistas activos me respondessem: 


 Em Portugal a dignidade tem o seu preço Um relatório da Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) alerta que a independência jurisdicional não pode estar desligada da questão financeira, devendo aos magistrados judiciais ser garantida "uma remuneração justa, equitativa, digna e adequada às responsabilidades".» (li no Diario de Noticias) 

 E então eu ponho a seguinte questão: 


 Porque será que todos os trabalhadores querem ser remunerados de forma justa e de acordo com o seu trabalho e os juízes querem ser remunerados pela dignidade do cargo? 

Será que só o trabalho dos juízes tem dignidade ou só os juízes merecem ser tratados com dignidade e isso dependerem de comerem bife do lombo em vez de frango assado ou de andarem num BMW em vez de terem um Ford? 


 2ª preocupação 

Dei conta que o professor Marcelo ficou irritadiço quando soube que havia alvitres para que a Manuela (Ferreira Leite) fosse a candidata natural dos laranjinhas ao cargo de Presidente de Republica 

E então eu ponho a seguinte questão: 

 Porque será que Marcelo ficou tão irritado com a sugestão de uma candidatura presidencial de Manuela Ferreira Leite? 

Até parece que tem medo de se confrontar com alguém sério e que não faz da política um exercício de pura intriga e calhandrice. Imagine-se o que será de Portugal se, depois da desgraça de Cavaco, tiver de suportar dez anos de intriga palaciana com alguém como Marcelo Rebelo de Sousa. 


Para mim a dignidade mede-se e tem-se em qualquer profissão e a calhandrice meliflua tem os seus dias contados

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !