BANCADA DIRECTA: Sporting Clube de Portugal versus Sport Lisboa e Benfica. De novo foi imposto outro corte de relações. É triste muito triste que as pessoas se comportem desta maneira. E aqui não há inocentes. É tudo farinha do mesmo saco. As massas em vez de atentarem na situação difícil deste país agarram-se a valores medíocres. Eu já uma vez tinha dito aqui que nunca mais voltaria a falar deste futebol de indisciplina, de arrogância e de hipocrisia.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Sporting Clube de Portugal versus Sport Lisboa e Benfica. De novo foi imposto outro corte de relações. É triste muito triste que as pessoas se comportem desta maneira. E aqui não há inocentes. É tudo farinha do mesmo saco. As massas em vez de atentarem na situação difícil deste país agarram-se a valores medíocres. Eu já uma vez tinha dito aqui que nunca mais voltaria a falar deste futebol de indisciplina, de arrogância e de hipocrisia.

Sporting Clube de Portugal versus Sport Lisboa e Benfica. 
De novo foi imposto outro corte de relações. É triste muito triste que as pessoas se comportem desta maneira. 
E aqui não há inocentes. 
É tudo farinha do mesmo saco. 
As massas em vez de atentarem na situação difícil deste país agarram-se a valores medíocres. 
Eu já uma vez tinha dito aqui que nunca mais voltaria a falar deste futebol de indisciplina, de arrogância e de hipocrisia. 
Na madrugada de segunda-feira, horas após o dérbi começar e acabar empatado (1-1), Bruno de Carvalho publicava uma mensagem no Facebook. As palavras eram muitas e, entre elas, havia algumas que serviam de crítica: “Espero que estes acontecimentos sejam severamente punidos pela Federação e pela Liga. 

Não acredito que os respectivos delegados e responsáveis não tenham tomado as devidas notas e que os procedimentos de punição não sejam céleres e exemplares.” 

Mais algumas horas se passariam até que João Gabriel, responsável pela comunicação do Benfica, afirmasse que “acabou o blackout e voltou o folclore”. 

No dia seguinte, o presidente do Sporting devolveu a bola sem esperar que ela venha a regressar — os leões cortaram as relações institucionais com os encarnados.

O anúncio chegou esta terça-feira e deveu-se às mesmas razões que, em parte, motivaram Bruno de Carvalho a recorrer à sua conta de Facebook:“O assassinato de Rui Mendes, as ameaças de repetição da selvajaria e a concretização de agressão com engenhos pirotécnicos de adeptos do Sporting por parte de adeptos do SLB.”

Ou seja, em causa estão os incidentes ocorridos a 7 de Fevereiro, no pavilhão da Luz, durante o dérbi de futsal entre as equipas de ambos os clubes, e os que se veriam depois, a 8 de Fevereiro, no Estádio de Alvalade, na partida que opôs as duas equipas num relvado de futebol.

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !