BANCADA DIRECTA: Calheiros. O seu Grupo Folclórico actua hoje em Ponte de Lima. E como hoje é Domingo vamos ver e ouvir o nosso folclore minhoto e dar-vos conta de um Festival que se realiza hoje. O Grupo Folclórico de Calheiros vai actuar nesse Festival.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Calheiros. O seu Grupo Folclórico actua hoje em Ponte de Lima. E como hoje é Domingo vamos ver e ouvir o nosso folclore minhoto e dar-vos conta de um Festival que se realiza hoje. O Grupo Folclórico de Calheiros vai actuar nesse Festival.





Calheiros é uma freguesia do Concelho de Ponte de Lima e está situada a 8 Kms. desta cidade.
Vamos falar um pouco do seu Grupo Folclórico
O Grupo Folclórico  de Calheiros foi fundado em 1990 cujo seu início foi pensado como um grupo coral de cantares, uma iniciativa para recuperar cantigas tradicionais do povo, no tempo em que as malhadas, as desfolhadas e a faina do linho, eram a principal ocupação deste povo que lentamente se iam apagando na memória dos mais jovens.
Foi contratado um tocador de concertinas e um ensaiador, houve uma recolha de músicas tradicionais junto das pessoas mais idosas e, em 1990 o Grupo Folclórico de Calheiros tornou-se uma realidade.
Hoje em dia, o Grupo Folclórico de Calheiros, tem levado as suas danças e cantigas por todo o país, e também pelos povos e culturas no estrangeiro.

O seu reportório é constituído pelo Regadinho, Malhão, Tirana, as Pintas da Blusa, Carrasquinha, Chula Picada, Chula de Roda, Vira d'Oito, Vira Trespassado, Vira Batido, Cana Verde, Passarinho, Rusga de Entrada, Rusga de Saída, Vira de Roda, Ritinha, Laurindinha, Rosinha, Maria Nova, São João, Vira de Calheiros, Pintas da Blusa, está aqui. 

Todas estas danças como anteriormente dito, foram recolhidas junto das pessoas mais idosas da nossa freguesia, da forma como eram cantadas e dançadas, cada uma delas caracterizava a actividade que se estava a desenvolver, no meio rural onde predominada a agricultura.

No que diz respeito a trajes, este Grupo Folclórico traja os fatos mais tradicionais do Alto Minho, de características diversas, tais como: fato de noiva, fato de mordoma, domingueiro, fato de trabalho, Maria da Fonte

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !