BANCADA DIRECTA: Temas de Medicina no Bancada Directa. Os nossos leitores devem saber distinguir o que é uma constipação ou uma gripe. Vamos falar sobre estas diferenças

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Temas de Medicina no Bancada Directa. Os nossos leitores devem saber distinguir o que é uma constipação ou uma gripe. Vamos falar sobre estas diferenças

Temas de Medicina no Bancada Directa.
Os nossos leitores devem saber distinguir o que é uma constipação ou uma gripe.
Vamos falar sobre estas diferenças Parecem iguais mas não o são!

Mas, como partilham sintomas, podem gerar alguma confusão e grande e ainda podem originar gestos menos adequados. Saber de que forma se manifesta cada uma delas é meio caminho andado para as tratar melhor.

Escreve a Drª Maria Rita Silva
Mal as temperaturas começam a descer, há duas infeções respiratórias à espreita: a constipação e a gripe. São mais comuns no Outono e no Inverno, embora se possam manifestar noutras alturas do ano.

São ambas de origem viral e têm em comum alguns dos sintomas. Mas as semelhanças terminam aqui. Desde logo porque a constipação é mais benigna do que a gripe, havendo, por isso, menos risco de evoluir para um quadro mais grave.

Falemos então de uma constipação
As crianças podem constipar-se 10 a 12 vezes por ano, enquanto os adultos ficam-se, em média, pelas duas a quatro. A mais comum de todas as infeções virais, o que é explicado pelo facto de poder ser causada por mais de duas centenas de virus. Só um deles – o rinovirus – tem cerca de 100 estirpes.
Qualquer um destes virus pode infectar crianças e adultos, ainda que haja diferenças na frequencia: repetimos, então: as crianças podem constipar-se 10 a 12 vezes por ano, enquanto os adultos ficam-se, em média, pelas duas a quatro. E porquê?

Porque o sistema imunitário infantil ainda não está preparado para se defender destes virus. E porque as crianças estão em contacto muito próximo umas com as outras

Sintomas de uma constipação
São as vias respiratórias superiores – nariz e garganta – as afectadas por esta infeção.
Daí que os sintomas incluam nariz congestionado ou a pingar, dores de garganta e espirros, mas também olhos lacrimejantes. Pode ainda ocorrer fadiga e dores corporais e de cabeça, mas ligeiras. Não costuma haver febre e, quando a há, é baixa. São sintomas que surgem dois a tres dias depois do contacto com o virus, manifestando-se de forma moderada e durando uma a duas semanas.

Tratamentos de constipações

A “receita” passa por repouso, liquidos, gargarejos com agua salgada para aliviar a garganta e sprays salinos para o nariz. Não há medicamentos especificos, mas sob conselho de um farmaceutico ou médico, podem ser tomados analgésicos, antipiréticos ou anti inflamatórios não esteroides, para a dor e febre, ou anti-histaminicos para travar o corrimento nasal e os espirros.

A boa noticia é que a constipação é ligeira e passageira. Apesar de ser uma infeção não há uma vacina para a constipação

Falaremos da gripe em próximo post de Temas de Medicina no Bancada Directa

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !