BANCADA DIRECTA: Novo balanço do surto de legionella: 269 casos e cinco mortos. Começa-se a descobrir as causas que originaram o anormal surto de legionella na região a sul de Vila Franca de Xira. A empresa Adubos de Portugal é a principal suspeita e há a probalidade de ser acusada de crime ambiental.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Novo balanço do surto de legionella: 269 casos e cinco mortos. Começa-se a descobrir as causas que originaram o anormal surto de legionella na região a sul de Vila Franca de Xira. A empresa Adubos de Portugal é a principal suspeita e há a probalidade de ser acusada de crime ambiental.

Novo balanço do surto de legionella: 269 casos e cinco mortos.
Começa-se a descobrir as causas que originaram o anormal surto de legionella na região a sul de Vila Franca de Xira.
A empresa Adubos de Portugal é a principal suspeita e há a probalidade de ser acusada de crime ambiental.

Adubos de Portugal inspecionada por eventual crime ambiental Ministro Moreira da Silva revelou a fonte provável do surto de legionella.

E anunciou a probabilidade de avançar com uma queixa de crime ambiental contra a empresa de Vila Franca de Xira, "por libertação de microrganismos para o meio ambiente". Autoridades de saúde revelam esta tarde a origem do surto de legionella

Contribuições
Quem é a Adubos de Portugal, que assume como valor a "responsabilidade ambiental"?

Empresa de Vila Franca de Xira vai ser inspecionada por eventual crime ambiental, na sequência do surto de legionella.

Emprega mais de 400 pessoas e está integrada desde 2008 no grupo espanhol Fertibéria. Produz e comercializa fertilizantes para a agricultura. Os mercados-alvo são maioritariamente Portugal e Espanha.

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !