BANCADA DIRECTA: Fragmentos e Opiniões no Bancada Directa. A Drª Paula Cordas, uma importante figura pública entre as populações do Concelho de Mafra, diz de sua justiça, abordando o tema "A eterna guerra dos sexos"!.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Fragmentos e Opiniões no Bancada Directa. A Drª Paula Cordas, uma importante figura pública entre as populações do Concelho de Mafra, diz de sua justiça, abordando o tema "A eterna guerra dos sexos"!.


A eterna guerra dos sexos

Artigo de opinião da Drª Paula Cordas


Nas conversas diárias, muitas vezes fazemos referencia às diferenças entre os homens e as mulheres. Em jeito de brincadeira, lá se vão elencando as inúmeras caracteristicas inatas do homem para determinadas profissões ou tarefas, às quais se riposta com tudo o que só as mulheres conseguem fazer…….e bem!

Poderíamos até fazer um enorme tratado sobre o que empiricamente sabemos sobre as diferenças entre os géneros, das grandes vantagens de um e do outro.

Poderíamos, igualmente, falar sobre o grande mérito destas complementaridades. Sim, porque quando os homens e as mulheres se unem em torno se um mesmo objectivo, constroem uma sociedade equilibrada.

Vem esta conversa a propósito de uma noticia publicada esta semana, sobre uma invenção chinesa, no minimo curiosa. Através de electrodos colocados nos musculos abdominais, é possível, por breves minutos, provocar no homem dores semelhantes às do parto. Isto para que se consiga valorizar o sofrimento da mulher.
Enalteço, obviamente, a capacidade do inventor, mas parece-me que só pode ser um homem…..é que as “dores de parto”, além de durarem mais do que apenas alguns minutos, não se reflectem apenas nos musculos abdonais.

Acreditem, há muitas mais alterações no nosso corpo, mas há ainda algo muito mais poderosos que dificilmernte se replicará: a maravilhosa sensação de se conseguir gerar um novo ser, que ultrapassa todos os desconfortos e seguintes Apesar de também entrar na brincadeira de vez em quando, encaro este tema com alguma leveza.

Para mim está bem esclarecido que, independentemente do género e das habilidades inatas que cada um tem, o que temos de fazer é o melhor que conseguimos, seja em que área for da nossa vida

Cada ser humano, homem ou mulher, tem caracteristicas únicas que deve potenciar a bem de si próprio, da sua familia e da comunidade. Elevendo o potencial de cada um, em conjunto seremos todos melhores

Paula Cordas

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !