BANCADA DIRECTA: Alabardas, alabardas. Espingardas, espingardas. Isto escreveu Saramago. Eu digo que por aqui “não haverá mais virgens!”

sábado, 27 de setembro de 2014

Alabardas, alabardas. Espingardas, espingardas. Isto escreveu Saramago. Eu digo que por aqui “não haverá mais virgens!”

Alabardas, alabardas. Espingardas, espingardas. 
Isto escreveu Saramago. 

Eu digo que por aqui “não haverá mais virgens!” 

A mim não me importa se recebeu ou não, só quero saber quanto recebeu de despesas de representação, porque as empresas com este sistema fugiam ao pagamento de salários. 

A pergunta era "recebeu ou não?" Agora, passou a ser "quanto recebeu?" 

O primeiro-ministro disse que queria esclarecer tudo no debate quinzenal, mas a oposição ficou sem saber quanto e como o ex-deputado Passos Coelho terá recebido da organização com qual admitiu ter colaborado. 

Aguardam-se as cenas dos próximos capítulos. 

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !