BANCADA DIRECTA: .Palestina. Siria, Libia and so on. A guerra no seu melhor. O nosso cronista Olho Vivo e Pé Ligeiro” diz de sua justiça e verbera os interesses que estão por detrás das mesmas.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

.Palestina. Siria, Libia and so on. A guerra no seu melhor. O nosso cronista Olho Vivo e Pé Ligeiro” diz de sua justiça e verbera os interesses que estão por detrás das mesmas.


A Palestina, A Siria, a Libia and so on. 
A guerra no seu melhor. 
O nosso cronista Olho Vivo e Pé Ligeiro” diz de sua justiça e verbera os interesses que estão por detrás das mesmas. 

ESTAMOS NO SEC. XXI E AS GUERRAS NÃO PARAM 


Não há dúvida que os fabricantes de armas podem ter o seu negócio garantido. 

Não há crise! Sempre se consegue arranjar um conflito aqui outro acolá para entreter os soldados e dar utilidade ao material de guerra ou seja matar seres humanos. Os interesses económicos conseguem sempre ultrapassar todas as lógicas. O que mais me admira é o “tonto” do soldado. 

Esse estúpido que hipnotizado pelos apelos da pátria e pelo toque da corneta vai a correr matar o seu irmão “inimigo” que mais não fez do que ele e o resultado é que um dos dois vai à vida…à morte mais propriamente. Que um general se excite e grite os slogans para empurrar os soldados para a frente de batalha ainda compreendo porque o general não combate: - É só “bocas”. 


E já agora que estamos em conflitos armados faz-me rir (queria dizer outra palavra) o que se passa com as grandes organizações que os países tem vindo a instituir no decorrer dos tempos, a ONU o Tribunal de Haia, a União Europeia e mil e um organismos que se criaram para actuar se e quando os interesses comerciais das grandes potências assim o decidirem. Normalmente é assim: o país tem petróleo? 

Alto aí que temos que defender os interesses….blá, blá, blá. E vai disto: bombardeamento e ocupação. A seguir venha o petróleo para a rapaziada do poder económico. Os soldados limitam-se a dar a vida. Quem dá o que tem a mais não é obrigado! A opinião pública é devidamente manipulada pelos “media” ao serviço dos interesses económicos e a coisa está arrumada. Vejam mais este conflito que agora se reacendeu entre o Hamas e os Judeus. 

Se o tiroteio fosse num grande país isto seria impensável e os “organismos internacionais “ mais os seus dirigentes, os tribunais internacionais, e outros tantos “banquimunes” estariam a condenar e a levar presos os “malandros” que eles próprios decidiram que eram. 

Não há mais paciência para assistir a isto em pleno século XXI. Depois de ter visto altos dirigentes afirmar em plena ONU que os iraquianos tinham armas de destruição massiva - que afinal era mentira - e o que sucedia era simplesmente a caça ao petróleo e nada mais. 

Ao que chegou a ONU! Mas o facto é que eles juraram a pés juntos que tinham visto as provas! E esse pessoal anda por aí e um deles foi há 40 anos um defensor da classe operária! E agora, a ver se arranja “tacho”! É por essas e por outras que prefiro ver na televisão os desenhos animados. É mais credível! 

Até breve 
“Olho Vivo e Pé Ligeiro” 
Lisboa. 2014. 08. 01

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !