BANCADA DIRECTA: Mas que teimosia anima esta senhora em estar a favor das medidas que agravam a vida dos portugueses. Maria Lúcia Amaral . Uma juiza radical nas suas votações e votar vencida é o seu prato forte.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Mas que teimosia anima esta senhora em estar a favor das medidas que agravam a vida dos portugueses. Maria Lúcia Amaral . Uma juiza radical nas suas votações e votar vencida é o seu prato forte.


Mas que teimosia anima esta senhora em estar a favor das medidas que agravam a vida dos portugueses. 
Maria Lúcia Amaral . 
Uma juíza radical nas suas votações e votar vencida é o seu prato forte.  
Valha-nos que actua dentro da legalidade constitucional 

A juíza mais radical do TC Maria Lúcia Amaral, vice-presidente do Tribunal Constitucional, está desalinhada. Vota vencida no

Considera até que se mete onde não foi chamado: no poder de governar. Está sempre na primeira fila, quando chega a hora da leitura pública dos acórdãos constitucionais que dão luz verde - e, na maioria dos casos, vermelha - às reformas do Governo. 

Pequenina, olhar vivo, nunca falou aos media e nem se lhe conhece uma frase que seja nos sete anos que leva como juíza do TC. Isto, claro, se só tivermos em conta os arquivos da comunicação social. Porque, no que às declarações de voto diz respeito, Maria Lúcia Amaral diz muito. Diz tudo. 

De forma directa como uma flecha, mostra como está quase sempre do contra. Ou, como escreveu numa das suas últimas pronúncias constitucionais, como se afasta "radicalmente" da opinião da maioria dos seus colegas juízes. 

"Radical" é mesmo o termo.

Nota anexa








Professora Doutora Maria Lúcia Amaral eleita Vice-presidente do Tribunal Constitucional. É com grande orgulho que a Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa informa que a Professora Doutora Maria Lúcia Amaral, Catedrática desta casa, foi eleita vice-presidente do Tribunal Constitucional Português.

A Professora Maria Lúcia Amaral é Catedrática da Faculdade de Direito da no Tribunal Constitucional desde 2007, por eleição da Assembleia da República.

Sendo um dos nomes de referência no constitucionalismo português, a sua merecida eleição como Vice-presidente do Tribunal Constitucional irá, sem dúvida, contribuir para os desejados prestígio e bom desempenho funcional deste órgão de soberania.

A FDUNL apresenta as mais vivas felicitações e votos de excelente trabalho à sua Professora.

4Out2012


Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !