BANCADA DIRECTA: Judite de Sousa entrevista Cristiano Ronaldo. E falou-se do filho do CR7 e quais as perspectivas para o seu futuro

sábado, 30 de agosto de 2014

Judite de Sousa entrevista Cristiano Ronaldo. E falou-se do filho do CR7 e quais as perspectivas para o seu futuro



Judite de Sousa regressou aos ecrans dos televisores conduzindo uma notável entrevista ao Cristiano Ronaldo. 

Para além da sua notável intuição de entrevistadora para sacar algo de interessante a quem tem pela frente e neste caso nem era preciso, dado o mediatismo do CR7 e o que ele pensa e faz ser do conhecimento geral, a entrevista serviu para nós aquilatarmos da forma física e psíquica da Judite de Sousa. 

Notou-se aqui e além um tremor na voz, o rosto marcado por um sofrimento enorme e as mãos a tremerem um pouco. Mas está no bom caminho para um regresso em pleno. 

Temos a certeza ou nós não a conhecêssemos nos bons velhos tempos.

Na parte final da entrevista Judite pergunta a Ronaldo o que pensava qual seria o futuro do seu filho, melhor, o que ele queria que acontecesse ao seu filho para os próximos anos.

Ronaldo respondeu que o seu filho era uma criança feliz e não estava preocupado com o seu futuro. Tudo de bom deveria acontecer.
Claro com um pai que tem uma fortuna calculada em 150 milhões de Euros (foi a Judite que o disse) qual o pai que está preocupado com o dia de amanhã para os seus filhos e até mesmo familiares?

Apetece-me dizer ao Cristiano que dado o seu mediatismo e com influencias que decerto terá em todos os campos da sociedade não deve estar nada preocupado. 

Até lhe dou um exemplo de outro pai que também teve "traquejo" para arranjar algo de bom para o seu pimpolho.

Anexo
Luís tem 31 anos.
Saiu dos bancos da escola há dois anos e fez dois estágios laborais de Verão.
Foi agora convidado para integrar os quadros do Banco de Portugal, onde só se entra sem concurso com “comprovada e reconhecida experiência profissional”.
É o caso do nosso amigo Luís, que por acaso, e só por ACASO, é filho de Durão Barroso!!!

1 comentário:

luis pessoa disse...

Neste país da treta tudo é possível!
Até isto que está relatado. Um tem um filho (?) de que se desconhece a mãe, sem que alguém questione sobre a legalidade de todo este processo (fosse ele um pobretanas e ia ver o que lhe acontecia, as explicações que tinha de dar, as confusões em que se metia!); o outro é como nos regimes feudais, como é filho de quem é, é suficientemente competente para integrar o Banco de Portugal! Pudera, aturar um pai daqueles, envolvido em todo o lixo, porteiro de uma guerra à procura de armas de destruição terríveis, fugitivo do país, etc., teria de ter o curriculo apropriado para receber chorudo ordenado numa instituição que não pesca nada de nada, não regula, não sabe de nada, mas paga muito bem e reforma cedo!
Chama-se a isto corrupção! Nem mais, nem menos e cabe-nos perguntar por onde anda a Procuradora da República? E o Provedor?
Lembram-se o alegado PM referir, já rouco, na campanha eleitoral em que foi o pinóquio maior, que não haveria com ele jobs para os boys?
Ridículo, não é?

Obrigado Pela Sua Visita !