BANCADA DIRECTA: A mocidade e as suas reivindicações. O nosso cronista Dom Payo Peres Correia diz de sua justiça e debruça-se sobre este tema

domingo, 10 de agosto de 2014

A mocidade e as suas reivindicações. O nosso cronista Dom Payo Peres Correia diz de sua justiça e debruça-se sobre este tema

 A mocidade e as suas reivindicações.
O nosso cronista Dom Payo Peres Correia diz de sua justiça e debruça-se sobre este tema


MOCIDADE E AS SUAS REIVINDICAÇÕES

 
As gerações pós 25 de Abril parece que ficaram sem ideias. É verdade. O pessoal que hoje tem 20,30,40 anos ficou grudado.

Ninguém se mexe, ninguém propõe medidas, ninguém bate com a porta. Parece – com vossa licença e desculpa para quem se reconheça ofendido – um bando de carneirada.

O que é feito do espírito reivindicativo? Da força que dá a juventude e do facto de não terem “obrigações” de família nem responsabilidades de encargos. Nem patronato explorador e vingativo? 


Que é feito dessa gente que não aceitava o “strablissement”? Esta gente que já não tem censura mas parece que tem a língua entaramelada, esta gente que não tem polícia política mas tem medo de dizer o que pensa – se acaso pensa alguma coisa!
Esta gente que será – quer queiramos quer não – o futuro deste País?

Esta gente me envergonha!

Vejo-os vestidos de capa e batina – mascarados de doutores – preocupados em humilhar os mais novos.

Vejo-os desejosos – os mais novos – de serem humilhados pelos dux, numa baixeza de sentimentos e de valores morais que envergonham os piores deles.

O que é que se está a passar?

Não era tempo para se estudar esse fenómeno? O que andam aí a fazer as universidades? A passar informação só, a repetir-se? E o resto? E a investigação?

O que ´é que vamos deixar aos vindouros?

Um País que é uma vergonha?

Se assim for e como dizia o outro: as pessoas estão piores mas o país está bem.

Então mais vale atirar esta gente toda ao mar e começar do zero,importando alguém de confiança e provas dadas.

Se querem que vos diga, com toda a honestidade  e de peito aberto, digo-vos:

Esta rapaziada não interessa nem ao menino Jesus!

Escrevo regularmente neste site e reconheço que alguma gente o lerá. Se escrever sobre futebol aparece um ou dois a contestar. Mas se o assunto for assim como este um pouco mais “complicado” o pessoal lê, e fica caladinho que nem um rato, não vá aparecer por aí o papão do Salazar e da sua polícia, A maioridade leva mais de 20 anos  a passar para muita gentinha! É um autêntico cagaço ou um “não me comprometo”.

São uns valentes.

Ass. Dom Payo Peres Correia

Algures pela serra algarvia ou mesmo junto ao mar

2014. Agosto 10

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !