BANCADA DIRECTA: O nosso cronista Antonio Raposo diz de sua justiça e fala sobre um assunto recorrente. POSSO FALAR SOBRE O FUTEBOL? Ora se toda a gente fala porque será que eu não posso dar também uns bitaites? Quem sabe será um tema controverso e muitos dos leitores virão tomar posição?

quinta-feira, 10 de julho de 2014

O nosso cronista Antonio Raposo diz de sua justiça e fala sobre um assunto recorrente. POSSO FALAR SOBRE O FUTEBOL? Ora se toda a gente fala porque será que eu não posso dar também uns bitaites? Quem sabe será um tema controverso e muitos dos leitores virão tomar posição?


POSSO FALAR SOBRE O FUTEBOL? Ora se toda a gente fala porque será que eu não posso dar também uns bitaites? Quem sabe será um tema controverso e muitos dos leitores virão tomar posição? 


 Vamos a ver… E já que falo, vou falar sobre a selecção portuguesa e a sua performance, que é o que está a dar. 

Vi jogar a selecção, a nossa e as outras. Reconheço que a nossa selecção tem muitas qualidades e parece-me que a melhor é o jogo de conjunto. 

A capacidade de parecer uma equipa, ao contrário da selecção do Brasil que sempre jogou diferente e cada um para si. É claro que uma coisa e outra são indiferentes se os jogadores forem excepcionais ou jogadores normais. Um jogador excepcional pode desequilibrar tudo e carregar com a equipa às costas. 

Porém sempre gostei de ver o “joguinho” bonito da equipa portuguesa, sobretudo há uns tempos atrás quando o pessoal era mais novo e tinha mais força. A mesma equipa mas mais uns anitos em cima faz as suas mossas… 

Temos que ser objectivos e parece-me que foi o que sucedeu à equipa portuguesa. O “banco” da equipa portuguesa é fraquito enquanto o banco do Brasil ou da Alemanha é forte. Sai um entra outro e não se nota. 

Na equipa portuguesa a saída de um titular raramente melhorava o conjunto. Não há que ter medo de afirmar que a nossa equipa actualmente é uma igual a outras tantas que apareceram no Brasil e saíram de malas feitas. 

Se por mero acaso a equipa portuguesa tivesse avançado rapidamente seria eliminada por um México, Colômbia ou Holanda, isto pra não chamarmos o Brasil, Argentina ou Alemanha. O treinador Bento não tem muita manta para tapar. Nem jogadores novos para por em campo. E quem apresenta a carne toda no assador não tem mais chouriços para grelhar. 

Será que estou a ver bem o filme? 

Um abraço para os meus caros leitores

Antonio Raposo
Lisboa. 2014. Junho. 30

5 comentários:

Anónimo disse...

Sinceramente acho que é perder tempo falar-se nesta seleção, porque os jogadores não têm caracter para suprir as suas dificuldades de estatura fisica e intelectual. E falta de valor futebolístico. E do treinador nem vale a pena pensar
José Vieira

Adriano Ribeiro disse...

Caro José Vieira
O nosso cronista tem todo o direito de apontar o que está mal para se remediar no futuro
Obrigado por nos ler
Abraço
Adriano Rui Ribeiro

Anónimo disse...

Senhor Adriano

Gosto e entendo os escritos deste seu amigo. Mas neste caso concreto era escusado dar opinião tal foi a porcaria a que os portugueses assistiram

Dou razão ao autor do 1º comentário

Cumprimentos para sua familia

Maria de Lourdes Bonito

Adriano Ribeiro disse...

Dª Maria de Lourdes

Tem feito grande ausencia neste blogue como comentadora.

Voltamos a dizer que o cronista Antonio Raposo tem todo o direito de com os seus escritos não seguir uma corrente derrotista. É apenas verdadeiro.
Quanto à questão que me pôs num mail recente, o doutor já não está no São José mas sim no Curry. Em São José só "bancos".
Escreva sempre
Adriano Rui Ribeiro

Anónimo disse...

É tudo me.......
Vão trabalhar e não joguem tanto à lerpa

José Vieira

Obrigado Pela Sua Visita !