BANCADA DIRECTA: Sucessos de Factores Materialistas

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Sucessos de Factores Materialistas


Falar nas vitórias é fácil, criticar nas derrotas ainda mais vulgar é, mas reconhecer o mérito antes dele acontecer, é para poucos, pois os sucessos podem definir a contagem dos "canecos" para CV ou o êxtase do comum desportista, mas o que define um campeão é como reage depois das derrotas, das criticas, das depressões histericamente colectivas, e como consegue seguir o caminho se levantando até a vitória final, mesmo sabendo que tudo são momentos e a relatividade deste depende de muitos factores.

Elogiar a capacidade técnica e tactica de uma equipa que começou por atacar a Juventus e nunca a deixou jogar como queria e gosta de fazer numa grande parte do jogo, diz tudo o que é este Benfica de Jorge Jesus e sua equipa, que deu uma grande lição táctica quando ficaram com um a menos [não é a primeira vez], não se restringindo somente a pontapear a bola para a frente, mas com a preocupação de continuar a jogar e na medida do possível incomodar o adversário, mesmo sabendo que era este quem tinha a obrigação de ganhar! Este é o mérito que me faz reconhecer maior valor a alguém, não o de simplesmente ganhar, porque esse é sempre relativo a diversas condicionantes muitas vezes esquecidas!

Nem sempre é possível jogar bem todos os jogos, nem sempre é possível ganhar, mas sempre é possível trabalhar e respeitar o jogo e bola, na maioria dos jogos, porque ganhar muitos podem consegui-lo, mas juntar ao prazer da vitória o prazer de jogar bem, numa individualidade inserida num colectivo com um objectivo único organizado, muito poucos o conseguem!

Jesus não merece só respeito pelo que tem feito nestes 2 últimos anos de Benfica, onde levou o clube a quase todas as finais possíveis, mas sim pelo treinador que é, e sempre foi anteriormente, mas infelizmente os que o idolatram agora, se pudessem tinham-no crucificado a muito tempo!!!

Luís Filipe Vieira e seus colaboradores também vêm reconhecido o mérito, não só pelo que tem feito, mas porque ele é materializado em finais e/ou títulos/conquistas, e não pelo muito trabalho que sem o mesmo já tinha conseguido! Mas a confiança manifestada nas pessoas que lidera,na sua organização, e no trabalho desenvolvido deveria ser o maior e mais meritório elogio que se podia fazer a alguém que mesmo que não ganhasse nada, se pode reconhecer! Aprender com erros anteriores não é para todos...

Que possa também servir de lição a muitos, porque os mesmos que agora exultam de satisfação o seu orgulho, perante um treinador, jogadores, presidente e toda uma organização, são os mesmos das derrotas passadas, os mesmos que estavam em depressão e onde tudo parecia deprimente, e serão os mesmos que tornarão a gritar bem alto, os mais impropérios se falhar mais umas quantas vitórias da final que ainda faltam realizar, assim como serão os primeiros a pedir a cabeça de uns quantos que hoje realizam o que antes por manifestos factores não o conseguiram!

Parabéns ao Sport Lisboa e Benfica, mas também aos Clubes Portugueses pelo 4 lugar alcançado no Ranking UEFA, onde apenas atrás de Espanha, Inglaterra e Alemanha é um feito de realçar, e pelo trabalho magnifico que ao longo dos tempos com muito menos que outros, clubes, treinadores, jogadores e porque não também alguns árbitros têm vindo a desenvolver, e só por deformação pessoal e cultural se possa menosprezar o que Portugal no desporto tem conseguido...

PS* Que o Desporto sirva para unir, e não fomentar outros factores degradantes que a sociedade já vive!

Pedro Sousa 








"Ser um campeão não é superar o outro, mas conseguir realizar os seus talentos no nível mais alto de sua existência. Não confunda derrotas com fracasso nem vitórias com sucesso. Na vida de um campeão sempre haverá algumas derrotas, assim como na vida de um perdedor sempre haverá vitórias. A diferença é que, enquanto os campeões crescem nas derrotas, os perdedores se acomodam nas vitórias." - Roberto Shinyashiki


Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !