BANCADA DIRECTA: O Desporto e a Vida no Bancada Directa. Como se já não bastassem os ventos fortes de rajadas e ondas de 5 metros apareceu agora um porta-aviões norte americano para limitar o espaço das regatas. Estamos a falar da ISAF Sailing World Cup Mallorca 2014. Portugueses em lugares modestos

domingo, 6 de abril de 2014

O Desporto e a Vida no Bancada Directa. Como se já não bastassem os ventos fortes de rajadas e ondas de 5 metros apareceu agora um porta-aviões norte americano para limitar o espaço das regatas. Estamos a falar da ISAF Sailing World Cup Mallorca 2014. Portugueses em lugares modestos




O Desporto e a Vida no Bancada Directa.
Como se já não bastassem os ventos fortes de rajadas e ondas de 5 metros apareceu agora um porta-aviões norte americano para limitar o espaço das regatas. 
Estamos a falar da ISAF Sailing World Cup Mallorca 2014. 
Portugueses em lugares modestos 

 Claro que com fortes concorrentes, verdadeiras estrelas da vela, os velejadores portugueses poucas hipóteses teriam de ombrear com os campeões.

Aconteceu o inesperado que foi a atracagem do enorme porta aviões norte americano Harry S. Truman, que deve vir em viagem a Palma de Maiorca para os seus marinheiros e pessoal dos aviões irem comprar as famosas pérolas a Manacor. Como consequência foi delimitado um perímetro de segurança de 2.440 metros à volta do navio e o espaço das regatas foi mais limitado . Talvez se tivesse alterdo espaço da baía de Palma para a zona do El Arenal. Pelo menos foram afectadas as regatas das classes  RS-X e de Laser
Entretanto, chuva e vento forte de sul e este - entre os 12 e 27 nós - embalaram as frotas em competição. O campeão olímpico brasileiro Robert Scheidt mantém a liderança na classe Laser, os franceses Billy Besson e Marie Riou dominam na classe Nacra 17, com 21 pontos de vantagem, os neozelandeses Peter Burling e Blair Tuke contam com 18 pontos de avanço na classe 49er - na qual a dupla portuguesa Jorge Lima/José Costa está em 15º lugar - e o grego Byron Kokkalanis mantém à distância o rival francês Pierre Le Coq. 

As condições meteorológicas hoje foram agrestes - com ventos de sul e de leste a atingir 20 a 25 nós de velocidade e mar agitado, com vagas de cinco metros de altura que provocaram diversos capotamentos. O campeão mundial na classe Nacra 17, Billy Besson, descreveu o dia como um verdadeiro 'rindig the rodeo bull'. 

 Velejador português Gustavo Lima

Os atletas portugueses também sofreram com as condições mas ainda assim conseguiram melhorar as suas prestações com a a dupla Jorge Lima/José Costa agora em 15º lugar na classe 49er, Gustavo Lima em 30º lugar na frota ouro da classe Laser e João Rodrigues em 24º lugar na classe RS:X.

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !