BANCADA DIRECTA: Cavaco a mim não me diz nada, porque, e todos sabem disso, é uma correia de transmissão/distribuição com carácter de, apenas, fomentador de ideias do Governo da sua simpatia ideológica. Insiste na tecla da necessidade de um consenso politico, quando bem sabe que ele já foi recusado pelo Partido Socialista.

terça-feira, 11 de março de 2014

Cavaco a mim não me diz nada, porque, e todos sabem disso, é uma correia de transmissão/distribuição com carácter de, apenas, fomentador de ideias do Governo da sua simpatia ideológica. Insiste na tecla da necessidade de um consenso politico, quando bem sabe que ele já foi recusado pelo Partido Socialista.

 Cavaco a mim não me diz nada, porque, e todos sabem disso, é uma correia de transmissão/distribuição com carácter de, apenas, fomentador de ideias do Governo da sua simpatia ideológica. 
Insiste na tecla da necessidade de um consenso politico, quando bem sabe que ele já foi recusado pelo Partido Socialista. 

A necessidade de um contrato político É urgente a resignação deste PR para que outro tenha moral para exigir o compromisso de que, à partida, não exclua nenhum partido com representação parlamentar. 

Para tal, não serve quem ostracizou todos os partidos à esquerda da coligação, quem fez um discurso vingativo de vitória no segundo mandato, quem não vê outras alternativas à experiência ultraliberal que apoiou e incitou, quem quer amassar o PS com a farinha do Governo para o cozer no forno das suas ambições e ressentimentos. 
Olha no meio em que o PS se metia! É que a austeridade de que sofrem os portugueses até dá  vontade rir ao Governo. Só pode ser esta a leitura.....

Quem está na política, há mais de 20 anos, deve ter esquecido as sebentas, do curso que tirou, e que há mais mundo para além do que Relvas, Portas e Coelho sonham. Há soluções e compromissos que um PR isento pode fomentar, tarefa que um adversário rancoroso não pode. 

A resignação ao cargo era, no meu ponto de vista, a mais patriótica decisão da sua vida política. Portugal merece esse sacrifício pessoal. 

Bancada Directa/Dr. Carlos Esperança (Ponte Europa.Coimbra)

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !