BANCADA DIRECTA: Joan Miró, pintor catalão. A sua colecção de obras compradas pelo BPN e que depois passaram para o Estado. Para obter dinheiro o Governo não olha a meios e valem todas as ilegalidades. Mas a impunidade dos prevaricadores está garantida. Toca a música e siga a dança. Para as cantorias a gente vê-se nas praxes numa qualquer semana.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Joan Miró, pintor catalão. A sua colecção de obras compradas pelo BPN e que depois passaram para o Estado. Para obter dinheiro o Governo não olha a meios e valem todas as ilegalidades. Mas a impunidade dos prevaricadores está garantida. Toca a música e siga a dança. Para as cantorias a gente vê-se nas praxes numa qualquer semana.

Pintura de Joan Miró. 1923/1924. Paesaggio Catalana. (The Hunter). Medidas = 64.8 x 100.3 cms. The Museum of  Modern Arts. New York. USA

Joan Miró, pintor catalão.
A sua colecção de obras compradas pelo BPN e que depois passaram para o Estado.
Para obter dinheiro o Governo não olha a meios e valem todas as ilegalidades.
Mas a impunidade dos prevaricadores está garantida.
Toca a música e siga a dança. Para as cantorias a gente vê-se nas praxes numa qualquer semana.

Não queremos de maneira nenhuma ridicularizar este grupo folclórico ao associá-lo com o comportamento do Governo da nossa terra em delapidar o património artístico que existe em Portugal. 

Temos muito respeito por todos os grupos folclóricos que valorizam a nossa cultura. Aliás no próximo Domingo vamos dar realce a este Grupo Folclórico de Melgaço no Alto Minho.

Ao escolhermos o tema do Malhão lembra-nos que eles malham, malham, até um dia

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !