BANCADA DIRECTA: O Desporto e a Vida no Bancada Directa. Os desportistas que em nosso entender mais se destacaram no ano de 2013. O cavaleiro Gonçalo Carvalho Conchinhas, o menino bonito de Almargem do Bispo, é o nosso eleito de hoje.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

O Desporto e a Vida no Bancada Directa. Os desportistas que em nosso entender mais se destacaram no ano de 2013. O cavaleiro Gonçalo Carvalho Conchinhas, o menino bonito de Almargem do Bispo, é o nosso eleito de hoje.

O Desporto e a Vida no Bancada Directa. 
Os desportistas que em nosso entender mais se destacaram no ano de 2013. 
O cavaleiro Gonçalo Carvalho Conchinhas, o menino bonito de Almargem do Bispo, é o nosso eleito de hoje. 

Aparentemente alcançar o 19º lugar no Campeonato da Europa de Dressage que se realizou na Dinamarca nem será um feito por aí além. Mas se dissermos que estavam presentes os cavaleiros que integram a elite europeia e que o 19º lugar foi alcançado entre 65 concorrentes então estamos perante um extraordinário feito de uma cavaleiro português. O cavaleiro olímpico português Gonçalo Carvalho, com Rubi, alcançou o 19.º lugar, entre 65 conjuntos, no Campeonato da Europa de dressage, que terminou domingo em Herning, na Dinamarca. 

A prova de dressage reuniu 65 conjuntos, dos quais 30, entre eles o português, foram apurados para o Grande Prémio, ganho pela inglesa Charlotte Dujardin, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres'2012. "Mais uma vez, o cavalo lusitano conseguiu demonstrar que não fica aquém das prestações mais reconhecidas mundialmente. 
Talvez isso sirva para olharmos para este nosso bem tão precioso com melhor atenção", afirmou o bicampeão nacional de dressage após o Europeu, citado pela sua assessoria de imprensa. Gonçalo Carvalho referiu ainda a sua aposta em continuar a promover a raça do cavalo lusitano com o objectivo claro de levar um exemplar aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. "Ainda temos muito trabalho pela frente mas, com a ajuda das pessoas certas e a necessária colaboração de agentes e marcas portuguesas, vamos com certeza alcançar o objectivo de chegar aos Jogos Olímpicos de 2016 com um cavalo lusitano", disse o Gonçalo 

No entanto, Gonçalo Carvalho ainda não quis confirmar se o objetivo para o Rio de Janeiro inclui o cavalo Rubi. "O Rubi, por tudo o que fez [16º lugar em Londres, duas vezes campeão nacional, vencedor da Taça Ibérica e melhor lusitano do Mundo] já merece uma estátua. Não irei nunca levá-lo ao limite até não poder mais. Tem 16 anos e deixa descendência. Ele nos dirá até quando quer competir ao mais alto nível", explicou. . 
O blogue Bancada Directa já se tinha referido a Gonçalo Carvalho antes da sua partida para a Dinamarca. Gostamos imenso do Gonçalo. Por ser aqui de muito perto de nossa casa, de termos convivido de perto (aqui em Sintra) com o seu avô Com o gosto pelos cavalos desde que "estava na barriga da mãe", Gonçalo Carvalho tem dado protagonismo ao puro sangue lusitano, depois das boas médias alcançadas nos Jogos Olímpicos de 2012, que lhe valeram a subida para 21.º lugar no ranking dos melhores do mundo. 

O cavaleiro Gonçalo Carvalho, de 31 anos, e o cavalo Rubi, de 15 vão participar no Campeonato da Europa de Dressage, entre os dias 19 e 25 de Agosto em Herning na Dinamarca. O Campeonato da Europa realiza-se de 19 a 25 deste mês em Herning, na Dinamarca, e integra, pela primeira vez em simultâneo, as disciplinas de saltos de obstáculos, dressage e a modalidade paraolímpica paradressage . 

Portugal vai estar representado por nove cavaleiros. Gonçalo Carvalho, Maria Moura Caetano, Filipe Canelas e Luís Príncipe na dressage; Ana Mota Veiga e Sara Duarte na paradressage e Luciana Diniz, Maria Frutuoso de Melo e Luís Sabino Gonçalves nos saltos de obstáculos. Gonçalo esperamos de ti e do Rubi um tremendo sucesso para que todos nós o possamos dedicar ao teu falecido de forma inesperada e saudoso avô Mestre Abel Carvalho. Um grande homem e um amigo de todos 

HISTÓRIA 
Gonçalo Carvalho Conchinhas, seu nome de registo, nasceu a 1 de Abril de 1982, em Lisboa, Portugal. Gonçalo Carvalho, assim como é conhecido no meio, é em grande parte por associação ao seu idolo avô materno, Mestre Abel de Carvalho que fora braço do Mestre Nuno de Oliveira. 

Um dia antes da morte do seu avô materno, este, Mestre Abel de Carvalho disse a Gonçalo Carvalho para ir ao encontro do picador e Mestre João Pedro Rodrigues a fim de poder ter algumas orientações deste. E foi após a súbita morte do seu avô Gonçalo Carvalho procurou o Mestre João Pedro Rodrigues, que na altura convidou-o a trabalhar na Escola Portuguesa de Arte Equestre . 

Em 2001, Gonçalo Carvalho é admitido como cavaleiro da Escola Portuguesa de Arte Equestre. Sempre com a presença dos estudos, Gonçalo Carvalho ia-se introzando cada vez mais com esta paixão consanguinea. Apaixonado por este oficio, Gonçalo Carvalho entra também no mundo da criação do cavalo Lusitano criando a sua própria coudelaria em 2009. 

ALTA COMPETIÇÃO 
Foi em Abril de 2012 que Gonçalo Carvalho atinge o auge da sua carreira desportiva e competitiva no momento em que se apura para os Jogos Olímpicos de Londres 2012, onde teve prestações que fizeram história e marcam a viragem do cavalo Lusitano. Foi a passagem à final onde desenhou a prova de freestyle em que obteve 77.660% que fazem deste conjunto lusitano uma marca de referência e histórica no mundo dos cavalos. 

Anteriormente à kur, conseguem a melhor pontuação de sempre na prova de GP Especial onde atingem os 74,600%. Melhor resultado de sempre deste conjunto Lusitano. Gonçalo Carvalho começou a competir em 2004 e o seu primeiro cavalo a entrar em pista foi o AR Rubi. Foi na Escola Portuguesa de Arte Equestre que Gonçalo Carvalho conheceu o seu verdadeiro primeiro cavalo- AR Rubi (Batial x He-Xila) e com apenas um ano de trabalho com este AR, Gonçalo Carvalho decidiu arriscar e apostar pelo caminho no mundo da alta competição . 

Pediu então na altura, ao director da Escola Portuguesa de Arte Equestre e Fundação Alter Real, autorização para poder retirar este cavalo AR da EPAE para poder competir em provas com o mesmo. No mesmo ano, começou logo a competir, onde tivera as classificações máximas em todas as provas e esses resultados deram-lhe acesso à representação no campeonato do mundo de cavalos de 6 anos em Verden- Alemanha onde obteve pontuação 69.70%. 

Desde 2004 que compete em provas de ensino conquistando sempre o pódio quer em provas nacionais como internacionais. Presentemente prepara-se para 2016 onde o palco será o Rio de Janeiro- Brasil.

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !