BANCADA DIRECTA: Kelvin: entrou em campo para daí a minutos desbaratar as ilusões do Benfica de ser campeão e teve a virtude de obrigar Jorge Jesus a ajoelhar-se perante todos. Bancada Directa apresenta a rubrica “O Desporto e a Vida” e realça os factos mais salientes em 2013.

sábado, 25 de janeiro de 2014

Kelvin: entrou em campo para daí a minutos desbaratar as ilusões do Benfica de ser campeão e teve a virtude de obrigar Jorge Jesus a ajoelhar-se perante todos. Bancada Directa apresenta a rubrica “O Desporto e a Vida” e realça os factos mais salientes em 2013.

Kelvin: entrou em campo para daí a minutos desbaratar as ilusões do Benfica de ser campeão e teve a virtude de obrigar Jorge Jesus a ajoelhar-se perante todos. 
Bancada Directa apresenta a rubrica “O Desporto e a Vida” e realça os factos mais salientes em 2013. 

O facto 
Um golo de Kelvin que entrou em campo quase no final do jogo e aos 90 + 2 minutos marca um golo ao Benfica retirando-lhe, pela certa, a possibilidade de ser campeão. Em nossa opinião foi uma situação que tem de ser referida com uma das mais salientes do ano de 2013. 

O Benfica ainda chegou a estar à frente do marcador com um golo de Lima, mas uma ajuda de um defesa do adversário proporcionou a Silvestre Varela alcançar o empate. Mas o golo marcado por Kelvim foi o golpe final. A jogada da vitória foi construída por dois jogadores colocados no segundo tempo pelo técnico Vítor Pereira. Kelvin recebeu passe de Liedson - de volta ao futebol português após a passagem pelo Corinthians -, colocou na frente da marcação e bateu cruzado de perna esquerda na gaveta do guarda redes Artur Morais.. 
Os dados estavam lançados. O Benfica tinha 4 pontos de avanço do FCPorto e três jogos para terminar o campeonato. Ao vencer fora o Maritimo os encarnados puseram-se a uma distancia do FC Porto impossível de ser neutralizada pelos dragões, desde que o Benfica vencesse o Estoril em casa. Daí que os festejos no final do jogo com o Maritimo fossem extemporâneos e ilógicos, porque o Estoril foi jogar à Luz com uma táctica de enrolar o desafio com o beneplácito do arbitro Paulo Batista. 

Depois foi o talento do Jefersson na marcação de um canto e a costumada azelhice do guarda redes Artur. O empate que o Benfica cedeu perante o Estoril foi a causa numero um da perda do campeonato. E depois Kelvin deu a machadada final. Machadada essa que levou Jorge Jesus a ajoelhar-se desesperadamente 

Não sabemos se Kelvin foi devidamente recompensado pelos dirigentes do FCPorto. A nós esse facto pouco nos interessa. Sabemos, isso sim, que ele não subiu a titular da equipa e mantém-se como suplente pouco utilizado. Mas que ficará recordado para sempre como o futebolista que deu o titulo de campeão ao FCPorto na época 2012/2013 
 Kelvin, de seu nome completo Kelvin Mateus de Oliveira, nasceu em Curitiba. Brasil em 1 de Junho de 1993. 
É um futebolista brasileiro que actua como centro campista e atacante Carreira de Kelvin Paraná O atleta foi destaque na disputa da Série B do Brasileiro 2010 actuando pelo Paraná,1 quando estreou contra a equipe do Guaratinguetá, entrando aos quarenta e um minutos do segundo tempo e anotando seu primeiro golo como profissional. 
Seguiram-se boas actuações que fizeram com que o jovem jogador recebesse a camisa "10" da equipe e fosse considerado pelo técnico Dorival Jr. como uma das grandes promessas para 2011/12

FC Porto 

Em 2011 o FC Porto que já havia mostrado interesse no jogador comprou Kelvin por cerca de 2 milhões de euros. 

Rio Ave 
Kelvin foi entretanto cedido ao Rio Ave por empréstimo (Agosto de 2011) 

FC Porto 
Em 2012 regressa ao FC Porto Nessa época no jogo com o Braga Kelvin marcando dois golos coloca novamente o FC Porto na luta pelo titulo. No clássico entre FC Porto e SL Benfica no dia 11 de Maio de 2013, Kelvin, marcou aos 92 minutos, o 2-1 para o FC Porto, dando assim a vantagem na luta pelo titulo frente ao seu rival directo, por 1 ponto

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !