BANCADA DIRECTA: Nem tudo o que luz é ouro! Podem aplicar as sanções que entenderem e justas à Guiné Bissau no caso do embarque dos 74 sirios com passaportes falsos. Mas primeiro paguem o que devem……

domingo, 29 de dezembro de 2013

Nem tudo o que luz é ouro! Podem aplicar as sanções que entenderem e justas à Guiné Bissau no caso do embarque dos 74 sirios com passaportes falsos. Mas primeiro paguem o que devem……


Nem tudo o que luz é ouro! Podem aplicar as sanções que entenderem e justas à Guiné Bissau no caso do embarque dos 74 sírios com passaportes falsos. Mas primeiro paguem o que devem…… 

"TAP tem uma dívida à Guiné-Bissau de 6 milhões de dólares" 

Porta-voz do Governo de transição da Guiné Bissau garante que há "boa vontade" em dialogar com a TAP sobre "as dívidas às finanças". 

Transportadora não comenta. 

Claro que estamos a falar sem certezas, mas tudo indica que a dívida existe por parte da transportadora. Então deixem-se de arrogâncias e vamos lá a dialogar sem jactancia de pretensamente sermos uma raça superior. 
Não há qualquer dúvida que as autoridades que controlam transitoriamente a Guiné Bissau se portaram muito mal no caso de forçarem o embarque no avião da TAP dos sirios. Mas também não temos dúvidas que a TAP tem de cumprir as suas obrigações financeiras especialmente com os países pequenos de expressão portuguesa.

A transportadora aérea portuguesa é acusada por Fernando Vaz de não pagar o Imposto Geral sobre Vendas (equivalente ao IVA em Portugal) e a contribuição industrial na Guiné-Bissau desde 2004 até hoje. "Já notificámos a TAP várias vezes", afiança. 

A TAP recusa-se a fazer comentários.

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !