BANCADA DIRECTA: Em 10 de Dezembro de 1520, Martinho Lutero, após ter criado a reforma protestante que era uma doutrina oposta ao cristianismo, queima em público a bula papal que era o documento oficial que o condenava à sua excomunhão da Igreja Católica

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Em 10 de Dezembro de 1520, Martinho Lutero, após ter criado a reforma protestante que era uma doutrina oposta ao cristianismo, queima em público a bula papal que era o documento oficial que o condenava à sua excomunhão da Igreja Católica

10 de Dezembro de 1520
Martinho Lutero, após ter criado a reforma protestante que era uma doutrina oposta ao cristianismo, queima em público a bula papal que era o documento oficial que o condenava à sua excomunhão da Igreja Católica 

Esta reforma protestante não cabe aqui neste modesto blogue ser motivo de comentários acerca das suas virtudes e quais as vantagens espirituais que Lutero encontrou na sua nova doutrina. 

Será que o caminho que nós devemos seguir para o céu é mais curto e mais rápido na doutrina luterana? 

Contribuições 
A presente bula papal é de especial interesse, pois foi através dela que os ensinos de Martinho Lutero são condenados pelo Papa Leão X, e onde ele é ameaçado de excomunhão da Igreja Católica Romana. Portanto, trata-se de um documento de interesse histórico para todos.

Martinho Lutero 

Martinho Lutero, em alemão Martin Luther, foi um sacerdote católico agostiniano e professor de teologia germânico que foi figura central da Reforma Protestante. 
Nascimento: 10 de Novembro de 1483, Eisleben, Alemanha 
Falecimento: 18 de Fevereiro de 1546, Eisleben, Alemanha 
Cônjuge: Catarina von Bora (de 1525 a 1546) 
Educação: Universidade de Erfurt 
Obras: Sobre os Judeus e Suas Mentiras, Mais 
Filhos: 6 - Paul Lutero, Magdalena Lutero, Margaretha Lutero, Elisabeth Lutero, Hans Lutero, Martin Lutero 

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !