BANCADA DIRECTA: Uma semana de vitorias e derrotas. Para uns foi a glória de um triunfo e para outros a tristeza de uma derrota. (3) Falemos hoje das Eleições Autárquicas 2013. O PSD foi varrido por um temporal demolidor. Convenhamos que não foi ainda o tal cartão vermelho que se espera, mas que foi um amarelo muito alaranjado, lá isso foi!...

domingo, 6 de outubro de 2013

Uma semana de vitorias e derrotas. Para uns foi a glória de um triunfo e para outros a tristeza de uma derrota. (3) Falemos hoje das Eleições Autárquicas 2013. O PSD foi varrido por um temporal demolidor. Convenhamos que não foi ainda o tal cartão vermelho que se espera, mas que foi um amarelo muito alaranjado, lá isso foi!...

Uma semana de vitorias e derrotas. 
Para uns foi a glória de um triunfo e para outros a tristeza de uma derrota. (3) 
Falemos hoje das Eleições Autárquicas 2013. 
O PSD foi varrido por um temporal demolidor. 
Convenhamos que não foi ainda o tal cartão vermelho que se espera, mas que foi um amarelo muito alaranjado, lá isso foi!... 

Autárquicas 2013, a noite de vitórias e derrotas históricas Surpresas e resultados nunca antes alcançados: os efeitos das autárquicas 2013 vieram para ficar As eleições autárquicas são por natureza, aparentemente, menos significativas que legislativas ou presidenciais. Mas, por vezes, as autárquicas conseguem abanar fortemente o panorama político nacional. 

Os efeitos dos resultados das eleições deste domingo são ainda «frescos», mas as autárquicas de 2013 originaram surpresas, derrotas e vitórias históricas que podem ter aberto o caminho para uma mudança significativa na política de que tanto se diz mal. 

Hoje falaremos dos derrotados e começamos por: 
1 – Alberto João Jardim: 
Jardim sofre a primeira derrota eleitoral em 38 anos 
Madeira: PSD que detinha 54 freguesias no arquipélago passou a ter 31 

Nestas eleições autárquicas mudaram de cor vários concelhos que sempre votaram PSD, casos do Funchal, o principal município da Madeira, onde o partido perdeu a câmara municipal e nove das 10 freguesias, as três câmaras da costa norte (S.Vicente, Porto Moniz e Santana), a de Santa Cruz, Machico e Porto Santo

Pela nossa parte nada mais temos a acrescentar a estas notas dos resultados no ilhéu madeirense. Mas Alberto João que se cuide. O movimento de saturação da sua presença que agora deu a cara contra ele, pode vir a aumentar. E nestas circunstancias os dirigentes do PSD poderão afastá-lo de se candidatar a chefe do Governo Regional  em 2015. Por vontade dele temos a presunção ainda que quer continuar.
2 – Luis Filipe Menezes. Outro grande derrotado no Porto foi Luís Filipe Menezes. Ficar em terceiro lugar não só humilha o candidato derrotado mas o Partido que o indicou e apoiou. E as reações não se fizeram esperar. Até porque em Gaia também o PSD foi derrotado e foi Menezes que escolheu o deputado Carlos Abreu Amorim para o substituir 

Passos responsabilizou Menezes pela derrota do PSD em Gaia 
Líder do partido disse no Conselho Nacional que Menezes lhe pediu carta branca para gerir o processo em Gaia, e ele deu. Pedro Passos Coelho não perdeu muito tempo da sua intervenção no conselho nacional do PSD com os resultados autárquicos, mas houve um caso em que foi contundente: no da Câmara de Gaia. 
Num concelho que durante 16 anos foi social-democrata, o presidente do partido deixou claro quem foi o responsável pelo mau resultado. Passos afirmou que Luís Filipe Menezes lhe pediu carta branca para tratar do processo de Gaia, e ele acedeu. Sublinhou que Menezes era um ex-líder do PSD e que foi ele quem conduziu todo o processo. 

Já sobre a derrota no Porto, Passos ilibou Menezes. Disse que o ex-autarca de Gaia era um candidato forte e que o seu nome fora aprovado pela concelhia, pela distrital e ratificado pela direcção nacional do partido. A única surpresa foi mesmo o resultado eleitoral (21,06%). 

Claro que tínhamos ainda muito que falar sobre derrotas nestas eleições. Mas temos dificuldades naturais por estarmos a trabalhar com internet limitada, Mas continuaremos este tema na próxima semana com realce para as vitorias. 
Por agora salientamos alguns nomes : 
Fernando Seara em Lisboa 
Pedro Pinto em Sintra 
Carlos Abreu Amorim em Gaia 
Pedro Pinto em Paços de Ferreira 
Barbosa de Melo em Coimbra

Nota anexa: sobre Alberto João Jardim conferir o que disse sobre o dito cujo o "Puxa Palavra".
Peço desculpa aos meus carissimos leitores porque o post do "Puxa Palavra" sobre Alberto João já desapareceu

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !