BANCADA DIRECTA: Uma semana de vitorias e derrotas. Para uns foi a glória de um triunfo e para outros a tristeza de uma derrota. (2) Falemos hoje das derrotas do FC Porto e do SL Benfica na 2ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Uma semana de vitorias e derrotas. Para uns foi a glória de um triunfo e para outros a tristeza de uma derrota. (2) Falemos hoje das derrotas do FC Porto e do SL Benfica na 2ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões

Uma semana de vitorias e derrotas. 
Para uns foi a glória de um triunfo e para outros a tristeza de uma derrota. (2) 
Falemos hoje das derrotas do FC Porto e do SL Benfica na 2ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões 

 Tema 1 – FC Porto 




Na passada terça feira no Estádio do Dragão jogaram o FC Porto e o Atlético Madrid. Após uma estreia preguiçosa, em Viena, a segunda prestação do FC Porto na Liga dos Campeões voltou a saber a muito pouco, mas, desta vez, nem o resultado se salvou. 


Perante um super Atlético de Madrid, ainda a degustar uma saborosa vitória no Santiago Barnabéu, que se apresentou no Estádio do Dragão com um currículo intocável, os “dragões” realizaram uma boa primeira meia hora, mas após o cocktail de garra, bom futebol e agressividade q.b. dos primeiros 30 minutos, os portistas voltaram ao ócio, deixaram-se embalar e acabaram derrotados (1-2). Jackson marcou primeiro, Godín e Turan fizeram os golos colchoneros. 

1º golo do Atlético de Madrid. Claro que a culpa foi do Helton. Mas salvou um golo quase certo e um azar qualquer guarde redes pode ter apesar da sua classe. Acontece e há que levantar a cabeça

Teoricamente, após uma mão cheia de exibições pouco convincentes do FC Porto nos últimos jogos, seria difícil encontrar um convidado tão inoportuno para a estreia de Paulo Fonseca no Dragão, em jogos da Liga dos Campeões. Teoricamente. Na prática, durante a primeira meia hora, o nome e currículo dos espanhóis foi o tónico que os portistas precisavam. 

Com “a faca nos dentes”, bem à imagem do treinador dos rivais, o FC Porto transformou o Atlético numa equipa banal, quase medíocre. No entanto, tal como tinha acontecido no último fim-de-semana, frente ao V. Guimarães, os portistas realizaram nas segundas partes destes desafios exibições frouxas. Se os minhotos perderam pela tangente, já os madrilenos agradeceram a oferta e derrotaram os portistas 

Pouco mais há a dizer. Desejamos que a equipa do FC Porto volte a realizar exobições convincentes e que estão perfeitamente ao seu alcance

Tema 2 - Benfica


O Benfica perdeu anteontem por 3-0 com o Paris Saint-Germain, em encontro do grupo C da Liga dos Campeões, com a equipa da casa a marcar os três golos do encontro nos primeiros 25 minutos e a gerir depois o resultado. As "águias" pouco ou nada puderam fazer.

O SL Benfica teve uma noite para esquecer no Parc des Princes, onde três golos sofridos na primeira meia-hora decidiram o encontro da segunda jornada favorável ao Paris Saint-Germain FC, agora isolado no topo do Grupo C com três pontos de vantagem em relação ao adversário.
Depois de um triunfo em Guimarães pouco convincente, seguindo-se um tremendo fiasco no encontro com  os azuis de Belém, onde o Benfica não logrou mais do que empatar o desafio, seguiu-se anteontem em Paris defrontar o PSG para a 2ª jornada da fase de grupos da Liga de Campeões.

Claro que sofrer um golo em fora de jogo já faz parte do Benfica, mas neste caso nem serve de atenuante. Mas que foi fora de jogo lá isso foi

Está tudo dito. Se o Benfica não melhorar as exibições, os resultados positivos não aparecerão e a borrasca será inevitável.


Nem sabemos o que mais dizer!.........

Sobre Luis Filipe Vieira e Jorge Jesus ver artigo de opinião clicando aqui

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !