BANCADA DIRECTA: O desporto no Bancada Directa. Melgaço Radical. Falemos da modalidade “Rafting”. O nosso amigo Dr João Paulo Araujo Faria esclarece-nos sobre esta modalidade.

sábado, 21 de setembro de 2013

O desporto no Bancada Directa. Melgaço Radical. Falemos da modalidade “Rafting”. O nosso amigo Dr João Paulo Araujo Faria esclarece-nos sobre esta modalidade.

O desporto no Bancada Directa. 
Melgaço Radical. Falemos da modalidade “Rafting”. 
O nosso amigo Dr João Paulo Araujo Faria esclarece-nos sobre esta modalidade.

 Sem dúvida a minha atividade de eleição, o contacto com a natureza e a adrenalina são uma constante nesta atividade.

Comecei a minha atividade como monitor de rafting com a Melgaço Radical a quem devo toda a minha formação e experiencia nesta área. Para quem quiser experimentar esta atividade aconselho vivamente a Melgaço Radical uma empresa com mais de 15 anos de experiencia nesta área e com condições humanas e logísticas que podem oferecer aos seus clientes uma experiencia única.

Algumas dicas sobre a modalidade:
Historia

A história moderna do rafting teve início em 1842, quando Lieutenant John Fremont, do exército, fez suas primeiras expedições utilizando um barco desenhado por Horace H. Day. O barco possuía quatro compartimentos separados. O nome desse bote era Air Army Boats.

Em 1986, Nataniel Galloway revolucionou as técnicas de rafting mudando a direção do assento do bote, que passou a ficar virado para frente possibilitando encarar de frente as corredeiras e facilitando as manobras.

Durante as duas grandes guerras mundiais, o exército americano passou a reutilizar os botes de borracha, mas dessa vez como botes salva-vidas. Mas foi depois da II Guerra que o rafting teve um grande impulso. Aventureiros na América do Norte passaram a usar os botes excedentes no exército, muito similares aos botes de hoje.
Rio Minho

Característica do rio: de turbinagem (controlado por Barragem), permite fazer a atividade todo o ano, com corrente que varia dos 25m3/s (caudal ecológico) até aos 600m3p/s ou mais. No verão o caudal situa-se nos 125 a 325 m3/s, a partir daí os rápidos desaparecem formando-se movimentos raros de água (remoinhos, marmitas) que dificultam a navegação. 

As pesqueiras (muros em granito colocados estrategicamente nas margens), tornam-se perigosos quando a água os cobre, pois existem ferros e troncos que podem originar rebentamento dos rafts.

Trajeto a montante de Melgaço (barragem de Frieira -Peso) 18 km, configuração do rio com rápidos e piscinas, zonas bastante largas com margens de fácil acesso, trajeto ideal para
formação, tendo como evolvente as “pesqueiras” construções graníticas, colocadas nas margens
que servem para a pesca da lampreia, sável, salmão etc.

Rio Mouro

Características do rio: sazonal normalmente só no Inverno estando sempre sujeito às chuvas e aos degelos, sucessão de rápidos com algumas passagens estreitas, com muitos obstáculos no meio (rocha) criando quedas com rolos, árvores muita baixas chegando a unir as margens.

Rio Mouro (III, IV e V) afluente do rio Minho – percurso de 5 km entre Riba de Mouro (serração) – Ponte de Tangil. 

Rio com grau de dificuldade elevada, caudal muito imprevisível,apresenta caudal ideal para a atividade, quando chove e na altura dos degelos, devido à sua configuração muito estreito, desnível acentuado, muitas rochas colocadas no meio do rio, margens baixas com muitas arvores. 

Com caudais grandes existe a possibilidade de formação de cravatas (barco preso numa rocha) c/queda de água acentuada. Rio muito rápido não aconselhável a pessoas com pouca experiência.



Nota anexa dos administradores do blogue Bancada Directa

Informações










Quem é o Dr. João Paulo Araujo Faria
 
Data de nascimento:11/04/86
Estado Civil: Casado s/Filhos
Nacionalidade:Portuguesa
Contacto movel:933459751
E_mail:Joao.a.faria@hotmail.com

Habilitações Literarias

A frequentar :Mestrado em Educação Física e Desporto Especialização Desenvolvimento da criança
Licenciatura em: Desporto e Lazer

Formações complementares

Curso: Técnico elementar de Piraguismo
Acção de Formação Natação: " As Técnicas Alternadas"
Acção de Formação Natação: "Laboratorio de Hidroginastica"
Curso: Mergulho Amador Nível 1
Curso: Nadador Salvador
Estagio/curso: Canyoning FPCMP e FFS EFDC
Curso: Tecnico de Manobra de Cordas
Curso: Swiftwater Rescue Technician -Rescue 3 International
Acção de Formação: Orientação
Curso: Treinador de canoagem Nivel 1
Curso:Técnico de Colónias de Férias
Entidade empregadora: Melsport EM

Modalidades :
Hidroginastica - Segunda e Quarta de Manha
Natação para latentes- Terça, Quinta e Sábado
Reforço Muscular- Segunda, Sexta, Sábado
Adaptação ao Meio Aquatico- Terça e Quinta
Aprendizagem Crianças-Terça e Quinta
Manutenção Crianças-Quartas e Sextas
Aprendizagem Adultos-Segunda, Terça, Quarta e Quinta
Manutenção Adultos- Segunda e Quarta

3 comentários:

Anónimo disse...

Amigo e senhor Adriano
Excelente post
Gostava de saber mais
Quando o amigo Adriano regressar a sua casa volto a falar-lhe no assunto
Boas férias em Punta Umbria. É não é?
Abraço
Luis Carlos
Marrazes. Leiria

Adriano Ribeiro disse...

Amigo Luís
Não espere por mim.
Entre no site do Melgaço Radical e encontra lá tudo o que quer saber
Mas creio que na região oeste não haverá cursos de água com as características dos do Alto Minho.
Entretenha-se com as ondas da Praia da Vieira e de Pedrogão
Obrigado por nos ter lido. Abraço
Adriano Rui Ribeiro

Joao Faria disse...

O meu novo Progeto www.melgacoww.pt

Obrigado Pela Sua Visita !