BANCADA DIRECTA: Não há dinheiro. O nosso cronista e companheiro “Olho Vivo e Pé Ligeiro” bate no tema do dinheiro que foge de Portugal para a Holanda. Não questiona a legalidade das transferências monetárias mas considera-as imorais.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Não há dinheiro. O nosso cronista e companheiro “Olho Vivo e Pé Ligeiro” bate no tema do dinheiro que foge de Portugal para a Holanda. Não questiona a legalidade das transferências monetárias mas considera-as imorais.

Não há dinheiro. 
O nosso cronista e companheiro “Olho Vivo e Pé Ligeiro” bate no tema 
do dinheiro que foge de Portugal para a Holanda. 

Não questiona a legalidade das transferências monetárias mas considera-as imorais. 

 NÃO HÁ DINHEIRO!!!! 



O dinheiro que as empresas portuguesas (especialmente as do PSI -20) levam, de forma legal para a Holanda, onde reúnem os lucros de negócios feitos em Portugal, foi calculado em 78 mil milhões de euros entre 2010 e 2011. 

Este rio de dinheiro acaba nos bolsos dos financeiros destas empresas o mesmo é dizer das famílias que possuam o capital das mesmas. 


 Isto não é ilegal mas é no mínimo indecente e imoral. 

Sobre o assunto o governo que nos desgoverna vai roubando as reformas dos velhos. Dos velhos pobres entenda-se. Andaram milhares a descontar durante anos e o governo vai lá e retira o dinheiro. 

E faz mais manda uns sabujos às televisões avisar que “não há dinheiro” alertando para o facto dos velhos terem “levado a vida a viver acima das suas possibilidades…” A União Europeia e os seus tiranetes limitam-se a aceitar isto tudo como normal. 

Na Holanda paga-se um baixíssimo imposto sobre os lucros. Em Portugal um valor altíssimo. Resultado: todo o mundo foge para onde menos paga. Até um cego vê isto! Espanta-me o nosso governo que tem e continua a ter tão bons economistas ainda não tenha reparado nesta aberração, nem achado que é preciso mudar as coisas. Porque será? 

Será que o objectivo é retirar aos pobres para dar aos ricos como faria o Robin dos Bosques, mas ao contrário. Parece que sim pois a única medida tomada por este governo – uma vez que lhe foi negado o TSU – foi baixar o IRC. 


A continuarmos por este caminho nunca mais o país levantará cabeça e a miséria será o nosso futuro e horizonte. Voltámos ao País que não me interessa nem aos meus descendentes. 


O País onde uma centena de famílias dividem o bolo da riqueza que dez milhões produziram. É preciso lembrar a muita cabecinha tonta que anda por aí a “dar bitaites” que só o trabalho produz riqueza. A especulação dá lucros imorais e não acrescenta nada à produção de bens. 

Já lá vão quase 5 anos desde que o grande banco americano Lehmanns Brothers deu o berro. Só há um tipo preso nos USA. Tudo voltou ao mesmo. Na Europa a mesma coisa. Estão à espera de novo “estoiro”? 

Um abraço para os meus carissimos leitores e portem-se bem 


Olho Vivo e Pé Ligeiro 

Lisboa. 2013. 17. Setembro.

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !