BANCADA DIRECTA: Disse Poiares Maduro que em Portugal há um excesso de contestação. Contesta-se por tudo e por nada. Não fico surpreso. Afinal ele limita-se a seguir o exemplo do afastado cardeal patriarca que em Fátima disse aos seus seguidores “que não se resolve nada com manifestações contestatárias. Comportamento tipico da direita…..

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Disse Poiares Maduro que em Portugal há um excesso de contestação. Contesta-se por tudo e por nada. Não fico surpreso. Afinal ele limita-se a seguir o exemplo do afastado cardeal patriarca que em Fátima disse aos seus seguidores “que não se resolve nada com manifestações contestatárias. Comportamento tipico da direita…..

Disse Poiares Maduro que em Portugal há um excesso de contestação.
Contesta-se por tudo e por nada.
Não fico surpreso. Afinal ele limita-se a seguir o exemplo do afastado cardeal patriarca que em Fátima disse aos seus seguidores “que não se resolve nada com manifestações contestatárias.
Comportamento tipico da direita…..

Afinal  os 10 mandamentos são poucos. Acrescente-se mais um: Não contestarás

O iluminado menino-prodígio do governo, Professor Doutor Poiares Maduro, que tem em excesso as habilitações académicas que o seu antecessor no Ministério da Propaganda, Miguel Relvas, tinha de menos, e que, tal como o “sábio” Gaspar, “não foi eleito coisíssima nenhuma”, produziu há dias esta doutíssima reflexão: “Um dos grandes problemas em Portugal é que tudo é contestado”.
Contestar para este iluminado é um sacrilégio. Tal e qual como pensou o D. José Policarpo. Desta maneira contestar será a causa de todos os males que grassam em Portugal. Não está sozinho o Maduro nesta sua aversão à contestação.

Já há largos meses, como então aqui comentei, Sua Eminência o Senhor Cardeal Patriarca de Lisboa, na sequência das grandiosas manifestações populares de 15 de Setembro passado, pregava às suas ovelhas em Fátima: “Não se resolve nada contestando”.

A direita é e sempre foi assim. Não tem emenda. Juntam-se, para excomungar a diabólica “contestação”. Esquecem-se que a pobreza grassa em Portugal e a fome é um dado real na vivencia de muitos portugueses

Poiares veio para o Governo com um fim bem premeditado. Está a actuar no seu desiderato

Habemus confitentem reum . É mesmo!........

Ler as criticas do Maduro às contestações clicando aqui

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !