BANCADA DIRECTA: Ora quem havia de dizer que o regime fascista está implantado na agricultura económica? Os agricultores deste espaço comum europeu já sentem os rastos das botas cardadas do fascismo económico.

terça-feira, 7 de maio de 2013

Ora quem havia de dizer que o regime fascista está implantado na agricultura económica? Os agricultores deste espaço comum europeu já sentem os rastos das botas cardadas do fascismo económico.

Ora quem havia de dizer que o regime fascista está implantado na agricultura económica? 
Os agricultores deste espaço comum europeu já sentem os rastos das botas cardadas do fascismo económico.

Muitos países no planeta e milhões e milhões de agricultores já conhecem o peso das botas cardadas do fascismo económico e ambiental imposto pelas gigantescas multinacionais agro-industriais que estão por detrás do comércio de fertilizantes, sementes e plantas. 

Com esta estúpida legislação que a UE quer impor, o crime vai intensificar-se e alastrar até ás mais remotas aldeias portuguesas. Assim, com o único objectivo de enriquecer ainda mais uns quantos, destrói-se a biodiversidade, aniquila-se a produção de sementes e produtos regionais e locais, arruinando, de passagem, a vida de comunidades agrícolas inteiras e dos seus habitantes ligados ao trabalho da terra

Esta era a imagem de marca do ditador de Santa Comba, quando os nossos agricultores eram presas fáceis do regime fascista

Caminhamos, se nada fizermos contra este estado de coisas, para um mundo uniformemente desenxabido. Um mundo em que os agricultores não poderão produzir e armazenar as suas sementes, trocá-las com os vizinhos, serem independentes. 

Um mundo de pequenos agricultores condenados à dependência total destas gigantes das multinacionais, para quem, na prática, passarão a trabalhar em exclusivo. 


Já nem se dão a incómodo de disfarçar a cada vez mais evidente imposição do fascismo económico!


Agradecimento ao nosso amigo Samuel

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !