BANCADA DIRECTA: O tema é deveras recorrente. Com o previsível corte de 10% nas pensões e reformas vale a pena perguntar por anda o dinheiro que o BPN arrecadou e escondeu e que agora andamos nós todos a pagar?

quinta-feira, 9 de maio de 2013

O tema é deveras recorrente. Com o previsível corte de 10% nas pensões e reformas vale a pena perguntar por anda o dinheiro que o BPN arrecadou e escondeu e que agora andamos nós todos a pagar?




O tema é deveras recorrente. 
Com o previsível corte de 10% nas pensões e reformas vale a pena perguntar por anda o dinheiro que o BPN arrecadou e escondeu e que agora andamos nós todos a pagar? 
Por onde anda o dinheiro desviado pelo BPN 

Chegámos a pensar que o governo, autoridades, em resumo, o poder, protegia os espertalhões do BPN mas que disfarçava com a desculpa de que ou tinham posto os bens no nome da mulher (Oliveira e Costa) ou levaram massa para os offshore ou para Cabo Verde (Dias Loureiro). Assim... o que é que o governo, os tribunais, o Presidente da República, podiam fazer? 
Mas não. O governo que governa às ordens da alta finança nacional e internacional, às ordens de Merkel e Schauble já nem tenta disfarçar. Os amigos, colegas e vizinhos (na Coelha) do PR continuam por aí nos grandes negócios. Mas com quem? Ora, ora com o Estado. Estão recordados que a SLN era a holding proprietária do BPN que roubou e delapidou mais de 3,4 mil milhões de euros que agora todos nós (todos não, é claro), estamos a pagar. 

A SLN entretanto travestiu-se de Galilei e a Galilei através da sub-holdind Galilei Saúde já cobrou ao Serviço Nacional de Saúde 50 milhões de euros de serviços que o Estado lhe encomendou. Mas a Galilei não deve ao Estado 1.300 milhões de €? Deve e então? Ora são contratos não se pode fazer nada. É o mercado, “stupid”. O Passos, o Gaspar, o Portas, o Moedas e o Borges sob o olhar distraído de Cavaco estão atentos. 

É preciso não desiludir os mercados. Vão recuperar a massa mas… despedindo 100 mil funcionário públicos na legislatura, roubando as pensões e os salários a quem trabalha. "É insustentável o Estado alimentar negócios com empresas alegadamente ligadas a um dos mais gigantescos casos de fraude no País, acarinhando e premiando os seus autores" comentou José Manuel Silva -Bastonário da Ordem dos Médicos. 

A SLN/Galilei deve ao Estado 1.300 milhões que não tem qualquer intenção de pagar tem um valiosíssimo património. Mas este Governo não tem intenção de lhe exigir o pagamento das dívidas. Está apostado em que lhas paguemos nós em vez deles. 

O património da SLN/Galilei é muito vasto e valioso. Eis alguns dos seus investimentos




Vale a pena perguntar:
Quando é que este património passa para as mãos legitimas
Amanhã personalizaremos quem são os mandões da SLN/Galilei

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !