BANCADA DIRECTA: Ainda por cima são ordinários. Definir os idosos como a “peste grisalha” só é possível a um individuo que nunca teve respeito e amor aos seus progenitores. Só hoje tive conhecimento deste desaforo mas não me admiro porque vem na linha do pensamento daqueles que estão à frente deste Governo

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Ainda por cima são ordinários. Definir os idosos como a “peste grisalha” só é possível a um individuo que nunca teve respeito e amor aos seus progenitores. Só hoje tive conhecimento deste desaforo mas não me admiro porque vem na linha do pensamento daqueles que estão à frente deste Governo


Ainda por cima são ordinários.
Definir os idosos como a “peste grisalha” só é possível a um individuo que nunca teve respeito e amor aos seus progenitores.

Só hoje tive conhecimento deste desaforo mas não me admiro porque vem na linha do pensamento daqueles que estão à frente deste Governo

Foi o deputado Carlos Peixoto do PSD que fez esta afirmação. Para mim nem valor tem para eu me preocupar em lhe chamar pelos seus nomes aquilo que  gostaria de lhe dizer cara a cara.

 Aliás a APRE já deu a resposta adequada

......... A propósito do Deputado do PSD que diz que a nossa Pátria sofre de Peste Grisalha não consegui conter a raiva e a seguir transcrevo o mail que lhe enviei que é para alguém me defender se criarem uma nova prisão de alta segurança ou me mandarem internar num hospício. Segundo o seu comentário que transcrevo a seguir gostaria de lhe fazer algumas perguntas: A propósito de demografia escreveu: "A nossa pátria foi contaminada com a já conhecida peste grisalha." Ora bem:

1º - Deduzo que o Sr. Deputado que nasceu a 13 de Fevereiro de 1968 foi por obra e graça do Espírito Santo e como tal deve achar-se um filho de Deus que desceu à Terra.
2º - Portanto cresceu sem pai, sem mãe, sem avós e sem berço.
3º - Apesar de tudo isso nasceu feliz porque hoje não tem ninguém na sua família a quem possa dizer que faz parte da peste grisalha
4º - Também não tem que agradecer a ninguém os estudos que tem. Chegou a advogado também por obra do Espírito Santo! 
Oh Paulinho e tiveste tanto trabalho a enganar os idosos

E agora vamos a conclusões. Pois fique sabendo que eu tenho na minha família e eu própria pertenço à peste grisalha. E fique sabendo também que quando o Sr. Deputado nasceu já eu trabalhava. E assim foi durante 44 anos, não devo nada a ninguém, tenho educação, princípios e moral coisa que lhe falta a si e muito! A si falta-lhe tudo o que eu tenho, amor, amizade, convicções, solidariedade, determinação. Tive pai, mãe, avós, berço, mesmo que tudo tenha sido modesto. Sabe que se não morrer cedo e espero que não, terá que engolir as palavras que disse ou então pintar o seu cabelo porque a peste também lhe chegará e alguém poderá lembrar-se do que disse. Alguém obviamente mais novo porque o Sr. Deputado poderia ser meu filho hipoteticamente falando. Felizmente não é porque para seu mal seria diferente ou então não se livrava de um bom par de estalos. Fique bem no meio dos seus e não se esqueça de todas as noites agradecer ao Espírito Santo!........
Maria Virgínia Machado

Ver as afirmações do ilustre(?) depu(or)tado aqui

Nota: a primeira imagem é do blog "olhai os lirios do campo"

2 comentários:

luis pessoa disse...

Tratar por senhor deputado um F da P desses é uma coisa que não perdoo ao meu Amigo Adriano...
Esse F da P é mesmo filho dela e por isso pode tratar por peste grisalha aqueles que lutaram e trabalharam para que ele pudesse estudar.
Olhando para a carantonha deste animal, ficamos esclarecidos. Há muitos chulos por aí com cara mais apresentável...
E se um partido político não chama uma besta à pedra depois de uma afirmação destas, só merece ser tratado como aquilo que é: Uma marioneta de estrangeiros, TRAIDORES DO SEU PAÍS E DAS SUAS GENTES!
E um tal Andeiro recebeu a paga que estes criminosos devem receber.
O HINO dá a resposta, no final: Ás armas! Às armas...

Adriano Ribeiro disse...

Caro amigo Luís
Chamei-lhe deputado para não lhe chamar o que tinha vontade de lhe dizer e para não baixar o nível.
Mas repare que na palavra "deputado"
arranja-se um termo a propósito se separarmos a primeira das segunda e terceira sílabas. É isso mesmo.
Abraço
Adriano Rui Ribeiro

Obrigado Pela Sua Visita !