BANCADA DIRECTA: Parabéns Portugal. E agora muito cuidado com os checos. Será preciso manter o mesmo nível exibicional mostrado frente aos orgulhosos holandeses Apareceu hoje o Cristiano Ronaldo e partiu a loiça toda….

domingo, 17 de junho de 2012

Parabéns Portugal. E agora muito cuidado com os checos. Será preciso manter o mesmo nível exibicional mostrado frente aos orgulhosos holandeses Apareceu hoje o Cristiano Ronaldo e partiu a loiça toda….

 
Portugal está nos quartos-de-final do Campeonato da Europa, depois de ultrapassar a Holanda, por 2-1, num jogo onde, enfim, apareceu o génio de Cristiano Ronaldo. Dois golos do capitão, que ainda atirou duas bolas aos ferros, foram decisivos para manter Portugal em competição, defrontando agora a República Checa, na próxima quinta-feira, em Varsóvia, às 19.45 horas. 


 Uma vitória justíssima da Selecção Nacional que, acrescente-se, até peca por escassa, tantas foram as oportunidades criadas por Cristiano Ronaldo e companhia perante uma formação holandesa perdida no caos táctico e que, depois de arriscar com três defesas, abriu os espaços necessários para Portugal decidir o jogo. 


 A Holanda até foi a primeira equipa a marcar, logo aos 11 minutos, numa jogada pela direita de Robben que assistiu Van der Vaart que, com espaço, rematou em arco sem hipóteses para Patrício. A resposta portuguesa, porém, não demorou. A Selecção Nacional reagiu bem ao golo sofrido e, aos 28 minutos, aproveitando o espaço que sempre existiu nas costas da defesa holandesa, João Pereira desmarcou Cristiano Ronaldo para o empate. 


 Ia valendo à Holanda as intervenções de Sketelenburg e a falta de pontaria dos atacantes portugueses, que por cinco ocasiões podiam ter operado a reviravolta. Mas calma... ainda havia Cristiano Ronaldo. Esteve desligado da corrente nos dois primeiros jogos mas hoje, bom, hoje houve capitão em grande para esmagar a laranja. 


Aos 74 minutos, Pepe corta a bola, Moutinho desmarca Nani e, num centro largo, encontra Cristiano Ronaldo. Depois foi... pura classe. O capitão português sentou um defesa e, na cara de Stekelenburg, rematou a contar para Portugal, quando a Holanda já jogava com apenas três defesas, depois da saída de Willems.


Ler o que diz a imprensa estrangeira sobre a exibição do CR7 clicando aqui

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !