BANCADA DIRECTA: Oh Relvas, Oh Relvas: consequências à vista. Maria José Oliveira demitiu-se do jornal Público

terça-feira, 5 de junho de 2012

Oh Relvas, Oh Relvas: consequências à vista. Maria José Oliveira demitiu-se do jornal Público

A atitude esperada de Maria José Oliveira aconteceu. 
Uma mulher com M grande.



A jornalista recusou gravar qualquer declaração, limitando-se a explicar que a forma como o processo do caso que envolve o ministro Miguel Relvas foi gerido levou-a a perder a confiança na direcção e a vontade de continuar a trabalhar no jornal. 


 A TSF teve também acesso a um conjunto de respostas que Maria José Oliveira deu ao provedor do leitor do jornal Público, José Queirós. A jornalista lamenta que a direcção do Público não lhe tenha o pedido autorização para divulgar o conteúdo da ameaça do ministro Miguel Relvas e que não tenha, então, «sublinhado que se trata de uma informação falsa que pretendia colar-me a uma agenda ideológica e descredibilizar o meu trabalho». 


 A isto, Maria José Oliveira acrescenta outro lamento, que ao dar conta da alegada ameaça de Miguel Relvas, «o jornal tenha transformado em facto a ideia de que eu vivo com uma pessoa da oposição, quase corroborando as queixas do ministro sobre a perseguição que lhe faço». 


 Por último, na resposta que enviou às questões colocadas pelo provedor do Público, a jornalista não percebe «como é que ninguém da direcção teve lucidez e inteligência para não pensar nestas consequências que estão agora à vista de todos». 


 A TSF tenta com insistência um comentário da direcção do público, mas até ao momento sem qualquer resultado


Ver mais clicando aqui

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !