BANCADA DIRECTA: Lá por Espanha “a coisa está preta”! Os juros sobem, passam a barreira dos 7%, isto tudo apesar da situação grega poder facilitar a descida

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Lá por Espanha “a coisa está preta”! Os juros sobem, passam a barreira dos 7%, isto tudo apesar da situação grega poder facilitar a descida

Reacção dos mercados: Juros da Espanha passam barreira dos 7% apesar do voto grego O resultado das eleições na Grécia, que deu a vitória aos conservadores da Nova Democracia, parece não estar a ser suficiente para acalmar os mercados. 


Depois de as bolsas terem aberto sessão em alta, o entusiasmo esfriou a meio da manhã, sobretudo no mercado da dívida. Espanha é o país mais atingido, com os juros da dívida a dez anos – considerada a referência para os investidores – a passarem novamente a barreira dos 7%. 


Na sexta-feira, o preço que os investidores pediam para comprar títulos espanhóis a dez anos situava-se ainda nos 6,9% mas nesta segunda-feira, por volta das 11h, rondava já os 7,1%, ou seja, estava acima do limiar considerado insustentável para um Estado se continuar a financiar. Também a Itália viu a pressão dos mercados acentuar-se, com as taxas de juro a subir no mercado secundário. 


Neste momento, os investidores pedem um juro de 6% para comprar títulos italianos a dez anos. Portugal não escapa à tendência, mas a subida é mais limitada. O impacto das eleições gregas, cujo resultado parece ter afastado, pelo menos para já, o risco de o país sair da zona euro, está também a fazer-se sentir nas bolsas europeias, que abriram esta manhã em alta. 
A bolsa de Atenas segue a valorizar mais de 5% e, na generalidade, as praças europeias continuam a negociar em terreno positivo. A excepção é, mais uma vez, Espanha, onde o principal índice – o Ibex – começou entretanto a perder terreno, caindo quase 1%.


No Fim-de-semana que se aproxima, já em Roquetas de Mar, vou tomar o pulso às pessoas sobre o que sentem por esta crise

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !