BANCADA DIRECTA: A pergunta surge naturalmente: em quem é que votaste naquele dia? Porque protestas agora?

sexta-feira, 11 de maio de 2012

A pergunta surge naturalmente: em quem é que votaste naquele dia? Porque protestas agora?

Ponham-se os caros amigos leitores a ouvir os programas de rádio tipo “fórum” nomeadamente o “Fórum TSF” (Jornalista Dr. Manuel Acácio) e a “Antena Aberta da RDP (Jornalista Dr. António Jorge). Podem ainda ver na SIC tanto da parte da manhã como da parte da tarde o programa “Opinião Publica”. (Jornalistas Marta Atalaia e Carla Jorge de Carvalho de manhã e de tarde a jornalista Teresa Dimas e Miguel Ribeiro. Todos licenciados). Bem, os leitores nem queiram saber. É tudo a dizer mal dos governantes no poleiro e de que maneira. De vez em quando lá aparece alguém a dizer bem do Governo, mas fá-lo de uma forma quase envergonhada.


Cabe-me aqui dar uma nota negativa a certas intervenções que roçam a ofensa individual e que em Democracia não se pode aceitar. Por mais indignadas que as pessoas estejam neste momento difícil e que as revolta, no entanto não devem cair na ofensa pessoal a quem quer que seja. Vem isto a propósito de no programa Antena Aberta da RDP na passada terça-feira o último interveniente ter apelidado o primeiro-ministro de palhaço e bandalho. Não lhe chamou “impostor” mas “imposteiro”. Curioso e verdadeiro. 


O jornalista não cortou a palavra ao ouvinte, limitando-se a chamar a atenção geral de todos os ouvintes e que de futuro tivessem mais contenção nas palavras e que estivessem alinhadinhos (curiosa esta expressão). 


O que me leva a publicar este post é para chamar a atenção do enorme número de pessoas que se mostram indignadas e de forma pública mediática e em privado dão conta do mau trabalho que este Governo está a fazer. 
Não é só saber onde se votava, mas quem é que ia levar com o voto....


Mas estou convencido que grande parte destas pessoas votou naqueles que estão agora no poder. Não me venham com a cantiga de que estavam pouco informados. Então se votaram neles, porque andam agora a protestar. Andam mas é a enganar aqueles, que apesar de se sentirem prejudicados com esta austeridade, votar neles é que não o fizeram. Estão mais pobres, mas dormem com a consciência tranquila. 


Adriano Rui Ribeiro

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !