BANCADA DIRECTA: Último dia do ano de 2011. Uma conclusão concreta: Tu é que tens de emigrar, não somos nós…….

sábado, 31 de dezembro de 2011

Último dia do ano de 2011. Uma conclusão concreta: Tu é que tens de emigrar, não somos nós…….




Cantar de Emigração, com letra da poeta galega Rosalia de Castro e música de José Niza, foi um verdadeiro hino de resistência em homenagem aos que sofreram as agruras dos caminhos enviezados da emigração.

Da Emigração à Ausência de Políticas Credíveis



No ano que agora termina, saíram de Portugal 100.000 cidadãos em busca de melhores meios de sobrevivência e a emigração, de mera possibilidade, passou a cenário de uma realidade sombria que paira, de facto!, sobre o país (ler aqui), apesar dos evidentes prejuízos que o facto arrasta para a economia e a sustentabilidade social portuguesa!... é por isso completamente absurda, inusitada e despropositada a condescendência (para não dizer, incentivo!) à emigração que muitos dos escolhidos pelos eleitores para o exercício governamental, têm vindo a fazer, trocando a política por um senso-comum que revela, não só pouca sensatez, mas, também, o contrariar da prioridade que a escolha democrática supostamente implicaria, a saber: um eficaz empenhamento na criação e apresentação de soluções capazes de promover o crescimento endógeno nacional... e se é verdade que, também em 2006, emigraram 100 mil pessoas deste pequeno território que é o nosso, podemos dizer que a ostracização dos cidadãos é o que a política económica nacional entende por sustentabilidade do tecido social e política demográfica!... Qualquer que seja a justificação e a interpretação dos dados, a verdade é que o esvaziamento do país, tem custos de que a História dificilmente recupera (veja-se, para se não ir mais longe, o caso do Alentejo)... É, por isso, importante relembrar a urgência da seriedade nas propostas e no entendimento do momento que atravessamos e que requer, antes de mais, sentido de responsabilidade social - até porque, não sei se repararam! mas, de soluções fáceis, "está o inferno cheio"!!!

Este texto é da nossa amiga Drª Ana Paula Fitas

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !