BANCADA DIRECTA: Fragmentos e Opiniões. O nosso cronista “Olho Vivo e Pé Ligeiro” aponta a sua analise aos “Nossos queridos governantes!.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Fragmentos e Opiniões. O nosso cronista “Olho Vivo e Pé Ligeiro” aponta a sua analise aos “Nossos queridos governantes!.

Fragmentos e Opiniões. O nosso cronista “Olho Vivo e Pé Ligeiro” aponta a sua analise aos “Nossos queridos governantes!.

OS NOSSOS QUERIDOS GOVERNANTES

A análise de “Olho Vivo e Pé Ligeiro” (estava a ver que se tinha esquecido do Bancada Directa)




A linha política seguida por este governo é a linha da Troika, pois outra linha nunca apresentara. Será que tinham?

Não há nada que a Troika proponha que o governo não ache bem e até contribui para aumentar as medidas recessivas se elas forem no sentido de roubar aos trabalhadores os seus vencimentos e aos reformados as suas reformas. Quem toda a vida descontou e amealhou nos cofres do estado o seu dinheiro, agora, no mínimo sente-se roubado.



Só mesmo quem não saiba o que a Troika fez por esse mundo, acredita que vamos ter alguma saída para esta crise. Mas para não irmos mais longe vejamos o que está a suceder na Grécia. É tal a roubalheira ao povo grego que ele só terá um caminho a seguir: sair rapidamente da chamada União Europeia, como o “Diabo da Cruz”..

Sabemos que a União Europeia foi óptimo para alguns países – os excedentários. Aos outros foi pedido que acabassem com a produção da riqueza.

Foi o nosso caso. Foram enviando dinheiro para que nós comprássemos os bens que eles produziam. Acabado o dinheiro ficamos sem forma de produzir nada. Sem dinheiro e sem meios de o ganhar.
Lembro-me que no Alentejo dava-se dinheiro para os agricultores não produzissem ou mandavam-nos produzir girassóis contra uma subvenção que depois levava o agricultor a não colher o fruto do trabalho. Tudo isso foi feito no tempo e nos domínios dos partidos socialista e social-democrata (PS e PSD).

Os ilustres políticos destes partidos são os culpados da situação que o país atravessa, pois foram eles que tudo fizeram e nunca consultaram o Zé-povinho.

E vêm à televisão alguns “vendidos” aos ditos partidos tentar dizer ao povo que foi o ele que viveu acima das suas possibilidades. Dá vontade de rir.
O ordenado mínimo no Luxemburgo é várias vezes superior ao nosso e somos nós que vivemos acima das nossas possibilidades? A população do Luxemburgo tem mais de 20% de portugueses que lá produzem e cá são improdutivos...O que me impressiona é que o povão continua a votar ora num ora noutro sabendo que nada muda – simplesmente trocam-se os lugares, ora agora sentas tu ora agora sento eu.

Acontece que depois vem o Otelo e disse o que disse e deixou muito menino a tremer de medo e até a chamar de maluco ao homem. Pois é! Então expliquem-me lá como é que o País vai pagar a dívida? Para o ano não vai ser pois a situação vai piorar. Até a Troika o diz. Não havendo produção há alguma hipótese de se pagar a dívida? Mesmo vendendo o que resta dos tarecos? A Tap, a Ren, a Galp,…tudo?

Tem que se encontrar outra solução e toda a gente pensará de certeza que não são estes chicos espertos que estão agora a governar o barco que nos levarão a bom porto.
Desconfio que vão ser os barões do PSD que terão que correr com esta rapaziada pois com estes vamos todos para o fundo do mar a bordo do Titanic e ao som da orquestra Passos de Coelho e sus muchachos.

Um abraço para os meus leitores do Olho Vivo e Pé Ligeiro

Lisboa 2011. 11.18

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !