BANCADA DIRECTA: Zangam-se as comadres. Alberto João põe Francisco Louçã com as” barbas de molho” sem as ter. Comparsas em desacordo? Os "chuchas" riem-se.....

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Zangam-se as comadres. Alberto João põe Francisco Louçã com as” barbas de molho” sem as ter. Comparsas em desacordo? Os "chuchas" riem-se.....

Os meus flops (10)

Zangam-se as comadres. Alberto João põe Francisco Louçã com as” barbas de molho” sem as ter. Comparsas em desacordo? Cá a rapaziada “chucha” parte o côco a rir-se…. Sabem-se os antecedentes. Alberto João e Francisco Louçã, assim como toda a esquerda lusitana, não morrem de amores uns pelos outros. Mas na altura em que os ataques contra José Sócrates se encarniçavam a um nivel anormal de intensidade para derrubar o Governo, os dois intervenientes mais em evidencia era o Francisco Louçã aqui no continente e o Alberto João na pérola gastadora da Madeira. Sobre PPC ainda não se mediu essa intensidade, pois ainda se está para saber se era por iniciativa própria ou se era empurrado pelos barões. Que agora já se andam a mexer de nariz torcido.

Sabe-se que Alberto João perdeu a graça que o acompanhava quando dizia aqueles dislates todos. Ele bem se esforça mas não consegue reavivar os bons velhos tempos. Até mesmo quando apelidava os jornalistas do continente como uns f… da p….. já nem graça tinha. É o principio do fim. Inexoravel, concreto e terrivel para um feitio como o dele. Quem tem um olho na Madeira é Rei. Era!

Francis Louçã desloca-se à Madeira para preparar o ambiente para as próximas eleições regionais. Perante os seus correlegionários entusiasma-se e pergunta para onde foi o dinheiro, aquele integrado na divida dos 500 milhões de euros. Acaba por citar qualquer coisa apropriada ao filme “Ali Bábá e os quarenta comparsas”. Todos sabem o termo substituido pelo outro termo “comparsa”.Alberto João não gostou e vai daí anuncia que vai por o Louçã em Tribunal.

Cá o rapaz aguarda novos episódios destes dois.

Sem comentários:

Obrigado Pela Sua Visita !