BANCADA DIRECTA: Fragmentos e Opiniões.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Fragmentos e Opiniões.

Fragmentos e Opiniões.

Estes nossos políticos, quem não os conheça que os compre.

Assim pensa o cronista de Bancada Directa António Raposo




Eu acho uma grande piada ao ilustre Passos de Coelho. Acho piada porque ele julga que me engana. Pode enganar muita gente. Pode enganar até a maioria mas a mim não me engana ele. Vem com uma conversa mansa dizer que precisamos de retirar à Caixa Geral de Depósitos (que é uma empresa não privada) a parte dos SEGUROS a parte da SAUDE. E eu pergunto: Tirar o melhor à Caixa porquê?


Eu sei que foi o PS no tempo de Guterres que mais vendeu empresas do estado a grupos económicos privados mas pelos vistos o PSD quer seguir-lhe o programa! Estes nossos políticos não sabem fazer mais nada do que vender o património do País? O que é nosso metido no bolso de meia dúzia de milionários. Quando já não houver anéis vende-se os dedos? É este o “desenvolvimento” que os ilustres políticos têm para nos apresentar como programa?


Talvez a área de maior lucro que ele quer retirar do País (de nós todos) para entregar aos seus promotores, os grupos económicos que o apoiam e que querem comer já a carninha….E como é que ele quer fazer se ganhar as eleições? Disse que a maioria do capital não privatizava. Metia na bolsa para pequenos aforradores uma fatia e a outra para um grande banco privado provavelmente, através de concurso. Não disse quanto é que privatizava.


Assim, aparentemente tudo jogava bem mas acontece que os aforradores pobrezinhos, da bolsa, rapidamente venderiam as suas acções pois num piscar de olhos subiriam de cotação e o pessoal venderia ganhando uns tostões. Passado pouco tempo a maioria passaria sem se dar por ela para a mão do grupo económico privado, e adeus ó Caixa Geral de Depósitos. Lembram-se o que sucedeu com a PT? A maioria do capital já está na mão de privados. E os grandes lucros, os milhões estão no bolso de meia dúzia de tubarões que nem impostos pagaram sobre os lucros. Lembram-se? Passou-se há poucos meses.


Mas, não me admira nada do povo português – tão pouco esclarecido – mais uma vez venha a cair na esparrela. E depois queixem-se! Actuem enquanto ainda podem votar pois até isso um dia vai estar condicionado, isto mesmo tendo em conta que o voto cada vez manda menos. Manda mais a sra. Dona Merkel em Portugal que os nossos votos todos juntinhos.





Antonio Raposo. Lisboa. 2011.03.28

2 comentários:

Anónimo disse...

De acordo com o que aqui está escrito. E preparem-se para o pior.
José Manuel

Adriano Ribeiro disse...

Caro José Manuel
Registamos o seu comment.
Obrigado por nos ter lido.
Abraço
Adriano Rui Ribeiro

Obrigado Pela Sua Visita !