BANCADA DIRECTA: CAVACO ELEITO Á PRIMEIRA VOLTA...

domingo, 22 de janeiro de 2006

CAVACO ELEITO Á PRIMEIRA VOLTA...


Claro que não era o meu candidato, muito menos uma pessoa pela qual simpatizo, mas neste momento a vontade da maioria dos votantes, se calhar não a maioria dos Portugueses, mas os que não foram às urnas e muitos não votariam em Cavaco, pois acredito que uma franja dos que preferiram ir ao cinema, ficar em casa ou passear eram da Esquerda, talvez por desagrado da politica que têm tomado este país ou não, acho que não irem votar não foi a forma mais correcta de mostrar esse desagrado, pois para além de um acto cívico em que todos nós temos responsabilidades pelo estado da nação (não é só queixarmo-nos dos políticos e depois nada contribuir para mostrar que não estamos com eles), penso que devemos defender os nossos ideais, ou pelo menos manifestando o nosso desagrado é votar nem que seja em branco.
Agora com pena minha que Cavaco é eleito, pois como não eram os três que se lhe seguiram na ordem de votação e assim fui votar pelo menos para manifestar o meu desagrado pela política praticada pelos dois maiores partidos portugueses.
Também não sei até que ponto é a vontade dos portugueses, já que 35 a 40 % dos portugueses não votou, e assim todos os que não queriam Cavaco acabaram por elegê-lo não indo às urnas e para além da esquerda ter-se dividido automaticamente a partir do momento em um partido se divide em dois candidatos, está a fragilizar-se em prol do adversário e foi precisamente isso que aconteceu.
Mas como foi democrata a eleição temos de aceitar.

De resto espero que traga algo de novo que a 20 anos não trouxe, e que seja um Presidente da República racional nas suas politicas.

Acima de tudo Boa Sorte Portugal.

1 comentário:

Anónimo disse...

Hoje vê-se claramente que a esquerda é e tem sido a "farrapilha" do regime. Soares é a flagrante imagem do parasita da esquerda em Portugal. É por causa destes sangue-sugas que o país não passa deste "esterco" a que chamam democracia. Já lá vão 31 anos e cada vez o país está mais na cauda. O compadrio, o parasitismo e a incompetência tem sido a palavra de ordem neste cantinho da Europa à beira-mar plantado. Até quando ?

Obrigado Pela Sua Visita !